Recursos para municípios afetados pela cheia ainda não foram passados integralmente

Foto: Reprodução

Mesmo após aprovação da Medida Provisória 1030/2021, que abre crédito de R$ 450 milhões para o governo federal socorrer municípios brasileiros atingidos por desastres naturais, nem todas as localidades receberam a verba.

Somente 12% dos recursos foram empregados e, por enquanto, o Amazonas não foi contemplado.

O Estado enfrenta a cheia histórica, com o nível do rio Negro alcançando 30,02 metros. Para amenizar os danos causados pela subida das águas, o governo do Estado e as prefeituras estão pagando as despesas.

A Defesa Civil Nacional informou que já repassou as quantias para o Amazonas. As cidades contempladas são Manaquiri (R$ 1,81 milhão), Uarini (R$ 1,34 milhão), Borba (R$ 1,28 milhão), Caapiranga (R$ 1,23 milhão), Tefé (R$ 1 milhão), Alvarães (R$ 607 mil) e Manicoré (R$ 211 mil). Todas foram atingidas por inundações e usarão os recursos no atendimento à população afetada, por meio da compra de kits de emergência, cestas básicas, colchões e combustível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui