Reeducandos do CDPMs 1 e 2 iniciam quatro novos cursos de capacitação

Foto: Divulgação/Seap

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) iniciou, nesta semana, quatro novos cursos profissionalizantes para detentos dos Centros de Detenção Provisória de Manaus 1 e 2 (CDPM 1 e 2), localizados no Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). As capacitações são ofertadas em parceria com a empresa terceirizada New Life Gestão Prisional. Cerca de 194 internos estão remindo pena por qualificação.

Os cursos são de Serigrafia 1 e 2, Elétrica Básica, Pintura Predial e Hidráulica, totalizando uma carga horária de 40 horas cada. No CDPM 1 estão realizando a capacitação os internos dos pavilhões 2, 3, 4, e 6; e, no CDPM 2, participam os internos do 1, 2, 4, 6 e 7. As aulas são divididas em teóricas e práticas, e são realizadas nos turnos matutino e vespertino.

Os reeducandos fazem parte do programa Conhecimento que Liberta, implementado em 2019 e que reúne os projetos de remição de pena pelo estudo e de leitura no sistema penitenciário.

Foto: Divulgação

De acordo com o secretário titular da Seap, coronel Paulo César, essas capacitações fazem parte do compromisso do Governo do Estado, da secretaria e dos parceiros para trazerem aos detentos mais oportunidades.

“Após a conclusão do curso, os detentos poderão realizar serviços nas unidades prisionais sempre que solicitados ou até mesmo passar a integrar futuramente o programa de ressocialização da Seap, Trabalhando a Liberdade”, enfatizou.

O secretário executivo adjunto da pasta, coronel André Luiz Barros Gioia, destacou o principal objetivo destes cursos nas unidades prisionais. “A finalidade é oferecer a esses internos matriculados a chance de remir suas penas, assim como capacitá-los para terem uma profissão quando retornarem ao convívio da sociedade”, disse.

Com o sorriso no rosto, o interno Ricardo (nome fictício), ficou feliz e agradeceu a chance de poder garantir mais uma nova capacitação no curso de pintura predial.

“Desde quando cheguei aqui estou aproveitando cada oportunidade que a secretaria proporciona, pois quero mudar de vida e ter uma profissão digna para sustentar a minha família”, contou.

Remição de pena – Os reeducandos que estão participando dos cursos recebem remição de um dia da pena a cada 12 horas de estudo. Quando executarem serviços nas áreas que obtiveram conhecimentos, diminuirão um dia da pena a cada três dias trabalhados, conforme prevê a Lei de Execução Penal (LEP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui