Brasil Política

Relator do PSDB acha que Temer é “inocente” e rejeita denúncia

o relator Bonifácio Andrade (PSDB-MG), do grupo aecista, disse que não há provas e recomendou a rejeição da denúncia.
Redação
Escrito por Redação

Embora mais de 80% dos brasileiros considerem Michel Temer corrupto e 90% desejem que ele seja afastado, o deputado Bonifácio Andrade (PSDB-MG), do grupo aecista e relator da denúncia de organização criminosa e obstrução da Justiça contra Temer, disse que não há provas e recomendou a rejeição da denúncia.

“O que nos fica claro é que a tentativa de envolver ministros e o presidente não encontra respaldo nas várias páginas da denúncia”, disse Bonifácio na leitura do seu voto. Para ele, a denúncia faz um “ataque generalizado aos homens públicos do pais, sem distinção” e, ao acusar os partidos de integrarem uma organização criminosa, tenta “criminalizar a atividade político-partidária”.

O relator Bonifácio Andrade (PSDB-MG), do grupo aecista, disse que não há provas e diz que “Temer é inocente” e manda rejeitar a denúncia.

“É inadmissível que um partido político constitua uma associação para fins criminais”, afirmou. Bonifácio também pondera que o crime de obstrução à Justiça trata-se de um delito “amplo e vago”, que “acaba por criminalizar uma série de condutas licitas”.

O relator levou 1 hora e 4 minutos para ler o seu parecer. Depois, cada advogado de defesa tem o mesmo tempo para apresentar argumentos.

O parecer de Bonifácio ainda passará por votação na CCJ, antes de seguir para o plenário principal da Câmara. Se for derrotado, outro relator será indicado para a apresentação de um novo texto, que represente a posição majoritária da comissão.

247

Comentários

comentários

Deixe seu comentário