Resgatar o parto natural é a meta do Governo do Amazonas, diz Alecrim

Mães e seus filhos no aniversário da maternidade "Ana Braga"/Foto: Michael Dantas
Mães e seus filhos no aniversário da maternidade "Ana Braga"/Foto: Michael Dantas
Mães e seus filhos no aniversário da maternidade “Ana Braga”/Foto: Michael Dantas
Secretário Wilsom Alecrim, da Saúde/Foto: Michael Dantas
Secretário Wilsom Alecrim, da Saúde/Foto: Michael Dantas

“As mulheres não engravidam para fazer cirurgia. Elas engravidam para a criança nascer de parto normal. E essa é a nossa meta: resgatar essa cultura aqui no Amazonas”, disse o secretário de saúde do Estado, Wilson Alecrim, sobre a principal meta para os próximos anos da Maternidade Ana Braga, que completou neste sábado, 10 de maio, dez anos de existência.

Uma missa foi celebrada para os funcionários e pacientes da instituição. A programação de aniversário se estende até a próxima sexta-feira, dia 16, com oficinas, palestras e workshop na própria maternidade (alameda Cosme Ferreira, s/nº, São José I, zona leste).

A Ana Braga é a maior da rede estadual de saúde credenciada como Hospital Amigo da Criança, título concedido pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Dados oficiais da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) dão conta de que a unidade realiza uma média de 800 partos por mês, somando em torno de 9.600 partos por ano.

“Podemos dizer que a Ana Braga ajudou a dar a vida a milhares e milhares de pessoas que vivem no amazonas”, observou Alecrim, ao acrescentar que, como servidor da saúde do Amazonas, acompanhou o surgimento da maternidade. “Desde que a Ana Braga foi construída eu pude acompanhar um processo de evolução seja por investimento em equipamentos, estrutura física ou de pessoal”, comentou.

Parto humanizado – Desde 2012 A Susam vem intensificado suas ações para fortalecer o aleitamento materno, o que ajudou no credenciamento do título Amigo da Criança. Além disso, existe uma política de estimular as mães a realizarem o parto natural.

Programação de aniversário – A maioria das atividades de comemoração dos 10 anos da Maternidade Ana Braga está programada para acontecer a partir das 9h, no auditório e no estacionamento da unidade. No domingo (11), no mesmo local e horário, será encenada a peça teatral “De Salto Alto”, com a companhia Artcena. O espetáculo conta a história de três mulheres em três fases diferentes da vida. As personagens passam a ver os pontos positivos e negativos na vida uma das outras. O evento é aberto ao público externo.

Na segunda e terça-feira (12 e 13), acontecerá a 10ª Semana de Enfermagem, com o tema “Valorização da Saúde do Trabalhador Visando à Melhoria no Cuidado Multiprofissional”. Serão diversas palestras voltadas para a equipe de enfermagem e demais profissionais da Maternidade. Os temas das palestras são “Saúde do Trabalhador”, “Biossegurança”, “Saúde Íntima da Mulher” e “Atribuições do Serviço Social na Área da Saúde”.

Além das palestras, na quarta-feira (14), das 8h às 12h, também no auditório, será realizada a “Oficina de Atualização de Urgência e Emergência durante o Trabalho de Parto”. Nos dias 15 e 16, acontecerá o workshop “Coaching”, com a master coach, Cintia Seabra, certificada internacionalmente pelo Behavioral Coaching Institute (BCI) e que também é diretora comercial da Seabra Coaching, que realiza treinamentos, cursos, workshops e palestras com foco em resultados e melhora de performance. Cintia Seabra  participou de pesquisas inéditas no Brasil na Universidade de São Paulo (USP), que tiveram grande repercussão internacional com artigos em revistas nacionais e internacionais.

Atividades no estacionamento – De segunda a sexta-feira (12 a 16), serão oferecidos, no estacionamento da Maternidade, diversos serviços de orientação para a população em geral, por meio da Unidade Móvel de Acolhimento à Mulher da Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres (SEPM), órgão subordinado à Casa Civil do Governo do Estado, e do ônibus da Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM).

O Ônibus da Mulher da SEPM possui dois gabinetes, sendo um da Delegacia da Mulher e outro de Atendimento Psicossocial. Além disso, será feita a panfletagem dos serviços de atenção à mulher e da Lei Maria da Pena. O horário de atendimento será das 9h às 15h.

O Ônibus da Justiça Itinerante dispõe dos seguintes serviços: divórcio consensual; reconhecimento de paternidade; pensão alimentícia; danos materiais; ação do não cumprimento de locação de imóvel; ação de não recebimento de dívida; regularização do direito de visitar o filho mediante o acordo; e demais obrigações. O horário de funcionamento será das 8h às 14h.

Ações nas escolas estaduais – A programação especial da Maternidade Ana Braga não se resume apenas dentro da unidade de saúde. De 13 a 16, em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas), a Maternidade levará uma atividade cultural para as escolas estaduais da zona Leste, apresentado o tema “Gravidez na Adolescência” com o apoio do Grupo de Teatro da Casa Mamãe Margarida, instituição social que abriga meninas em situação de risco social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui