Rio de Janeiro registra mais de cem estupros coletivos em 2022

Foto: Getty Images

A cada 36 horas, em média, é registrado um estupro coletivo no Rio de Janeiro. Em levantamento do jornal O Globo, foram computados entre janeiro e maio de 2022, 102 casos do tipo no Estado.

Os dados analisados foram coletados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro via Lei de Acesso à Informação. Além disso, os dados considerados foram de casos qualificados como estupro ou estupro de vulnerável em que havia ao menos dois agressores identificados no momento do registro de ocorrência pela vítima.

Dos 102 estupros registrados e analisados pelo levantamento, mais da metade ocorreu com crianças de, no máximo, 11 anos e 72 foram qualificados como estupro de vulnerável. Ao todo foram 117 vítimas e 243 agressores nos primeiros quatro meses de 2022.

Os dados mostram também que a maioria das vítimas eram mulheres com 99 registros. Além disso, a faixa etária mais registradas foi entre 12 e 17.

Já levando em conta os agressores 118 deles eram homens e a idade de 63 deles não foi identificada, que foi a de maior incidência no levantamento. Os outros maiores registros de agressores foram das faixas de 25 a 39 (62) e 40 a 59 (45).

Os dados mostram ainda que os locais em que as maiorias dos crimes ocorreram foram em residências, com 62 registros ao todo.

CB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui