Samuel Hanan e Carlos Suarez irão prestar esclarecimentos sobre a Cigás

Foto: Reprodução/Cigás

As convocações do ex-vice-governador do Amazonas e ex-presidente do Conselho Administrativo da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), Samuel Hanan, e do sócio majoritário da Cigás, o empresário Carlos Suarez foram aprovadas pelo Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM).

Eles deverão comparecer ao órgão, em data ainda a ser anunciada, para prestar esclarecimentos e apresentar documentos sobre as denúncias apontadas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) em representação ingressada na Corte de Contas.

A Arsepam

Órgão responsável pela fiscalização da prestação dos serviços de gás natural – ingressou com uma representação em face da Cigás, relatando indícios de irregularidades. Mas, desistiu da ação, sem justificativas. Assim, o Tribunal vai averiguar os fatos do processo.

Em maio deste ano, o Pleno do TCE-AM aprovou o envio de cópia de todo processo aos ministérios públicos Federal (MPF) e do Amazonas (MPAM), à Polícia Federal, ao Tribunal de Contas da União (TCU) e à Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) para conhecimento e providências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui