Secretário de Amaturá poderá ser exonerado por furar fila de vacina

Foto: Reprodução

Após furar fila para ser vacinado contra a covid-19, o secretário municipal de Amaturá (a 918 quilômetros de Manaus), Paulo Boi, pode ser exonerado. O secretário não pertence à linha de frente de combate à pandemia.

A recomendação é do Ministério Público do Amazonas (MPAM). Além disso, o MPAM requereu que a Prefeitura de Amaturá publique, diariamente, em seu site oficial e redes sociais, a relação das pessoas que já foram vacinadas.

Foto: Reprodução

Segundo levantamento do órgão ministerial, o secretário foi vacinado e postou foto do fato em uma rede social, comprovando o fato. Ao município de Amaturá, foram encaminhadas 2.581 doses, sendo que 2.525 deveriam ser aplicadas em indígenas maiores de 18 anos e que vivem em aldeias; e as 56 restantes em profissionais da área da saúde que atuam na linha de frente contra a pandemia, como demonstrado no planejamento do Estado do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui