Amazonas Cidades Destaques

Sepror lança os programas Pró-calcário e Pró-mecanização para os produtores

Agricultores terão linha de crédito do governo para compra de equipamentos agrícolas - foto: divulgação
Redação
Escrito por Redação

Os programas Pró-calcário e Pró-mecanização serão lançados nessa segunda-feira (15), às 9h00 no auditório da Sepror, como mais uma iniciativa do Governo do Estado para ampliar a produção no primeiro setor, do Amazonas.

Operado pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam), o Programa tem uma linha de crédito subvencionada pela Secretaria de Produção Rural (Sepror), que destina a produtores rurais e agricultores familiares, recursos que possam incentivar a mecanização de áreas degradadas e, com isso, promover o aumento da produção no primeiro setor.

O Pró-calcário e o Pró-mecanização são coordenados pela Secretaria de Produção Rural (Sepror). O objetivo é resolver um dos grandes problemas do setor primário, que é a disponibilização de máquinas para arar a terra e calcário para melhorar a produtividade.

Estão na lista de produção a mandioca, fruticultura ou da pecuária, na recuperação de pastos. Já no Pró-mecanização, o Estado custeia 85% do valor do preparo da área a ser cultivada, com o produtor pagando 15% do investimento.

Terras tratadas com Calcário produz 30% a mais de produtos agrícolas – foto: divulgação

No Pró-calcário, a subvenção é de 50%. Para se ter uma ideia, o ganho de produtividade da terra preparada adequadamente por hectare de mandioca, rende até 30 toneladas do produto. No método convencional, essa produção cai para um terço, na mesma área destinada.

Ação integrada

O governo disponibiliza o Afeam Agro, para o financiamento de atividades agrícolas, ou seja, o Estado incentiva o preparo da terra e também financia a comprar de insumos, máquinas e implementos agrícolas, uma ação integrada que gera maior produção agrícola, emprego e renda.

Local do Evento

Auditório da Sepror – Secretaria de Produção Rural do Amazonas, na Avenida Carlos Drummond de Andrade, 1.460, Bloco G, Conj. Atílio Andreazza, Bairro Japiim.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.