Amazonas Colunas

Ser presa fácil de predadores ou se movimentar? – por Maria Ritah

Ultramaratonista Maria Ritah Fernandes - foto: divulgação
Redação
Escrito por Redação

Pesquisas sugerem que o Homo Sapiens de 50 mil anos atrás possuía um preparo físico semelhante à pessoa da atualidade que consegue completar uma maratona – 42km.

Daí veio a modernidade e estragou tudo!

Exercícios físicos fazem bem para todos. Balançar o esqueleto é natural, faz parte da nossa origem. No reino animal , o individuo que fica estático, parado, deitado e encostado é presa fácil, vira comida de outro animal maior.

O que você escolhe? Virar comida de bactérias, fungos e vermes ou se movimentar?

Maratonista Maria Ritah Fernandes competindo – Foto: divulgação

Nunca é tarde demais para praticar qualquer atividade física. Se assim fosse eu deveria estar parada a muito tempo.

Muitos de meus amigos que me veem correndo, nadando ou pedalando acham que eu já nasci assim com toda esta energia.
Só que não! Hahahaha

Veja bem, passei a minha juventude no sedentarismo. Não praticava esporte porque tinha que trabalhar como vendedora e ajudar a família no sustento. Eu via meus colegas na aula de educação física e morria de inveja. Não podia fazer no horário porque tinha que estar trabalhando.

Aos 36 anos foi que, deprimida e cansada de ser quem eu era eu decidi começar a caminhar e depois correr. Hoje tenho 50 anos e lá se vão várias tentativas de ser uma atleta.

Apesar da falta de talento, eu não desisti de correr. Segui em frente mesmo não tendo o dom, o corpo esguio ou juventude. Eu construí isso que sou hoje, um dia de cada vez.

Agora, me digam: Eu sou melhor que vocês?

A resposta é não!!!

Persistência, constância e não desistir nunca porque aprender é um prazer, e há muitos prazeres a se conquistar na mente, no corpo e no espírito ainda que você tenha mil anos.

Se você tem uma faca e não usa, o que ocorre com ela? Enferruja, não é mesmo? Se quiser continuar usando a faca, tem de afiá-la regularmente. Então, pratique! Movimente-se apesar de…

Gente, outra coisa. Todos nós somos peritos em abusar das coisas ruins. Para isso, a idade pouco importa. Mas para as coisas boas, parece que sim, importam.

Em uma certa idade o corpo começa a sentir os efeito do tempo e se você não fizer nada, a circulação do sangue vai ficar mais restrita e você adoece. A doença é uma força ofensiva.

Por isso, nunca é tarde para começar a praticar qualquer atividade física. Você nem precisa estar magro para fazer isso e muito menos saudável. Você só precisa começar.

Beijos!

*Maria Ritah é ultramaratonista internacional

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário