Servidores da maternidade Moura Tapajóz são homenageados com programação especial

Foto: Divulgação / Semsa

Um almoço especial com música ao vivo em homenagem aos servidores, realizado nesta quinta-feira, 28/10, Dia do Servidor Público, marcou o encerramento oficial das atividades oferecidas a esses trabalhadores, durante todo o mês de outubro, pela Maternidade Doutor Moura Tapajóz (MMT), gerida pela Prefeitura de Manaus. As atividades foram realizadas por meio do Serviço de Qualidade Vida no Trabalho, para celebrar a data.

A programação foi aberta no início do mês com as “Sextas de Meditação”, ação idealizada em parceria com o Setor de Psicologia no solário da maternidade, sob orientação da psicóloga Raquel Floriano. As sessões abordaram os temas “Acolhendo a ansiedade e as aflições”, “A impermanência e a compreensão das emoções”, “Autocompaixão e bondade consigo mesmo” e “Gratidão e alegria empática”.

Foto: Divulgação / Semsa

A enfermeira obstetra Núbia Cruz, diretora da MMT, destacou o esforço que vem sendo desenvolvido pelo Serviço de Qualidade Vida no Trabalho da unidade, com ações de promoção à saúde e valorização do servidor.

“Sabemos que a saúde física é importante, mas a saúde mental também é essencial para o ser humano. Estamos começando a sair de um período muito difícil, que está sendo a pandemia, de muitas perdas e, consequentemente, de ansiedade para nossos profissionais. Muitos de nossos servidores precisam de apoio para buscar novamente esse equilíbrio e paz interior, e estamos aqui para ajudar dando toda orientação de que precisarem”, explicou a diretora.

As atividades ainda incluíram uma aula de ritmos com o instrutor da academia Believe Fitness, Adaílton Soares; sessões de beleza às servidores; ginástica laboral; e uma palestra especial com a master coach de desenvolvimento pessoal Amanda Santos, com o tema “Como viver e conviver melhor”.

Foto: Divulgação / Semsa

“Esse tipo de atividade é muito importante no âmbito do trabalho, pois, além de dar um novo ânimo, ajuda o servidor a parar por um instante e refletir, não apenas sobre si mesmo, como também sobre o outro, e, desta forma, melhorar a comunicação e o relacionamento com os pares.

Além disso, a partir desse momento de reflexão, desse conhecimento que foi adquirido, o indivíduo pode identificar outras dificuldades que tenha, como psicopatologias que necessitem de um cuidado mais especializado, por exemplo, e também buscar ajuda de um profissional de saúde mental para melhorar muitos outros aspectos de sua vida. O processo de autoconhecimento não é simples nem rápido e, obviamente, não pode ficar limitado a apenas um momento. Mas é uma jornada fantástica e que vale a pena”, concluiu a psicóloga Raquel Floriano.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui