SES-AM homenageia maior doadora de leite humano do estado

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

O Banco de Leite Humano do Amazonas (BLH-AM), da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), como forma de celebrar a vida e agradecer quem regularmente contribui com o estoque de leite humano, realizou nova edição da Rota da Gratidão, em homenagem às doadoras de leite materno.

Uma das mães homenageadas foi a fisioterapeuta Kelly Rosas da Silva, 34, que no período de um ano, doou 237 litros de leite, sendo a maior doadora do Estado. Além dela, outras mães que doam para o BLH Ana Braga, também foram homenageadas com entrega de presentes e certificados durante a Rota da Gratidão realizada na última sexta-feira (27/05).

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

Kelly conta que se tornou doadora após assistir reportagem na televisão e considera algo muito gratificante ajudar crianças que não podem ser amamentadas pelas suas mães. Antes de ter conhecimento da campanha, ela desperdiçava o leite excedente que produzia.

“É muito gratificante poder ajudar todas essas crianças. Eu desperdiçava demais. Tudo que eu retirava eu descartava, aí quando nasceu a minha filha, eu por acaso, estava assistindo jornal em casa e vi a matéria onde o Banco de Leite do Ana Braga estava solicitando doadores, que estava com o estoque baixo. Aí me deu aquela virada de chave, posso contribuir, eu estou com tanto leite sendo jogado fora, e agora eu posso ajudar essas crianças”, disse Kelly.

A fisioterapeuta incentiva outras mães a se tornarem doadoras e diz para não se preocuparem, pois a produção só aumenta.

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

“O nosso corpo ele é incrível. Quando eu estou fazendo a ordenha, tirando para doar, é incrível que a gente já sente a produção, ela aumenta a tua produção de leite. Só esse fato de tu estar tirando o teu corpo já está produzindo, naquele mesmo estante eu estou produzindo mais leite. Então, não tenham medo de que vá faltar para o seu filho, porque não falta, é incrível, não falta leite. Quem puder doar doe. É uma satisfação imensa”, incentiva.

Homenagens – Todos os Bancos de Leite Humano realizam a Rota da Gratidão anualmente, em maio, mês voltado ao incentivo à doação de leite materno. Na sexta-feira, além do BLH Ana Braga, o BLH Fesinha Anzoategui, da Maternidade Balbina Mestrinho, também realizou homenagens às doadoras. Nesta semana será a vez da rota do BLH da Galileia, da Maternidade Azilda Marreiro.

A coordenadora do BLH Amazonas, Elizabeth Hardman, destaca a importância de homenagear essas mães que auxiliam no trabalho de salvar vidas em todo o Estado.

“A Rota da Gratidão é um projeto no qual nós temos como objetivo homenagear e certificar as doadoras de leite materno que mais contribuíram para os nossos bancos de leite do estado. Esse é um trabalho diário, onde toda equipe do Banco de Leite faz contato com as doadoras para saber se elas têm leite, se elas podem fazer doação de leite, qualquer volume, qualquer ml de leite faz a diferença na vida de um bebê prematuro”, disse Elizabeth.

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

Elizabeth também pede a colaboração de novas doadoras para aumentar os estoques do todos os Bancos de Leite do Amazonas. “Nós precisamos aumentar o nosso volume de leite humano coletado. Nós estamos atendendo as demandas de qualquer município, qualquer hospital que precisa do leite, desde que o bebê seja prematuro e de baixo peso a gente consegue atender a demanda, mas precisamos aumentar esse volume de leite nos Bancos de Leite Humano.

Doação – Para doar, basta entrar em contato com qualquer um dos Bancos de Leite e obter todas as orientações: BLH da Galileia, nos números (92) 3643-5523 e 99170-5783; BLH da Maternidade Ana Braga, no (92) 3647-4235; e o BLH Fesinha Anzoategui, na Maternidade Balbina Mestrinho, no (92) 99339-0130.

Balanço – Nos quatro primeiros meses de 2022, os três Bancos de Leite Humano (BLH) da SES-AM coletaram mais de 1.068 litros doados por 310 mães, que já beneficiaram 1.646 bebês prematuros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui