Sindicato repudia empresa que esbanja dinheiro em live de Safadão

Palco foi montado no jardim da casa do cantor - Foto: Reprodução/Instagram

A live de sábado (17) de Wesley Safadão deu o que falar. Tanto pelo show, mas também por causa dos bastidores que estão rolando até o momento.

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, os seguidores do forrozeiro chamaram atenção do cantor, para o fato de um dos seus patrocinadores, a Ricardo Eletro, ter esbanjado dinheiro em sua transmissão ao vivo, mas estar negando o pagamento de funcionários demitidos.

Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro, não está nada feliz com a atitude da empresa. Segundo ele, a Ricardo Eletro demitiu funcionários e fez acordos individuais, contrariando o que prevê a Legislação.

Além disso, a empresa que parcelou em 12 vezes o pagamento das rescisórias, não está cumprindo com o que foi acordado com os funcionários.

“Fizemos um acordo com a empresa há uns dois anos, parcelando o pagamento das rescisões em cinco vezes. Este acordo foi cumprido. Mas agora, recentemente, queriam demitir em massa, sem informar o número de demissões, além de carta branca para parcelar em quantas vezes quisessem. Não aceitamos este acordo. E parece que dinheiro não está faltando“, disparou Marcio Ayer.

Fonte: RD1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui