Surpresa Costa Rica segura 0 a 0 contra Inglaterra e avança às oitavas

Gonzalez tenta, mas o gol não saiu/Foto: Reuters

Gonzalez tenta, mas o gol não saiu/Foto: Reuters
Gonzalez tenta, mas o gol não saiu/Foto: Reuters

A grande surpresa da primeira fase da Copa do Mundo foi consolidada na tarde de hoje, terça-feira (24). Em Belo Horizonte, no Mineirão, a Costa Rica segurou empate por 0 a 0 com a Inglaterra, e confirmou a liderança do Grupo D do Mundial. De quebra, deu uma despedida monótona e deprimente à equipe britânica, eliminada com uma rodada de antecedência.
publicidade

Assim, a Costa Rica chega aos sete pontos ganhos, e agora aguarda a definição de seu adversário nas oitavas de final. O rival será o segundo colocado do Grupo C, que pode ser Costa do Marfim, Japão ou Grécia – a definição sai ainda nesta terça-feira. Já os ingleses voltam para casa sem sequer vencer – foi eliminada com derrota para Itália e Uruguai.

A Costa Rica entrou em campo já classificada e precisando apenas de um empate para ficar com a liderança do Grupo D, então foi mais cautelosa, embora não tenha deixado de atacar. Os ingleses, por sua vez, cumpriram tabela de forma bem tranquila, o que acabou transformando o primeiro tempo no Mineirão em jogo morno e de poucas emoções – os torcedores chegaram a vaiar os times.

A Inglaterra tinha, pelo menos, a intenção de se despedir com vitória. Aos 2min, o time quase marcou em chute de Campbell que desviou em Cahill, tirou o goleiro Navas da jogada e saiu perigosamente próximo ao gol. Aos 11min, foi Sturridge que quase fez, ao receber passe de Wilshere na entrada da área e arriscar de esquerda – a bola passou rente à trave, fora do alcance de Navas.

O melhor momento costarriquenho ocorreu aos 22min, em jogada de bola parada. Borges cobrou falta da intermediária, a bola desviou em Foster e acertou o travessão. Os ingleses, que jogaram com Lampard na possível despedida do atleta em Copas do Mundo, ainda chegou com Barkley aos 34min: ele cobrou escanteio, Jones ajeitou e Sturridge cabeceou por cima, em grande oportunidade.

O segundo foi reiniciado com a Inglaterra tocando bola de lado, esperando pelo momento de tentar a infiltração no sistema defensivo costarriquenho, o que irritou o torcedor no Mineirão, e novas vaias foram ouvidas. Aos 4min, Shaw chutou da entrada da área, mas a bola desviou na zaga e sobrou para Sturridge, que acabou travado pro Navas no momento da finalização e perdeu o gol.

os poucos, a Inglaterra conseguiu fazer pressão na Costa Rica em busca do gol. Aos 13min, Navas foi exigido mais uma vez ao sair do gol e se jogar no caminho de Lallana, que recebia bom lançamento dentro da área. Já aos 20min, Sturridge tabelou com Wilshere dentro da área e, pela direita, bateu colocado de perna esquerda tentando tirar a bola do alcance do goleiro, mas mandou para fora, rente à trave.

Os costarriquenhos, no entanto, seguraram bem a pressão e fizeram do final da partida uma monótona e deprimente despedida para os ingleses.

FICHA TÉCNICA

COSTA RICA 0 X 0 INGLATERRA
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG)
Assistentes: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)
Público: 57.823 torcedores
Cartões amarelos: (Costa Rica) Gonzalez (Inglaterra) Lallana

COSTA RICA: Navas; Duarte, Gonzalez e Miller; Gamboa, Borges (Barrantes), Ruiz, Tejeda e Diaz; Brenes (Bolaños) e Campebel (Urena)
Técnico: Jorge Luís Pinto

INGLATERRA: Foster; Jones, Cahill, Smalling e Shaw; Lampard, Wilshere (Gerrard), Milner (Rooney), Barkley e Lallana (Sterling); Sturridge
Técnico: Roy Hodgson

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui