Temer autoriza migração de 240 rádios AM para a faixa FM

O ato que oficializou a migração de 240 emissoras foi realizado nesta segunda/Foto: Divulgação

O presidente da República, Michel Temer, assinou nesta segunda-feira (7), em evento no Palácio do Planalto, termo aditivo que autoriza a migração de rádios AM para a faixa FM.

O ato que oficializou a migração de 240 emissoras foi realizado nesta segunda quando é celebrado o “Dia do Radialista”.

Tecnicamente, a faixa FM tem vantagens em relação à AM, entre as quais melhor qualidade de áudio, redução de custos de operação e manutenção e integração com aparelhos digitais, como tablets e celulares.

As emissoras que assinaram o termo de migração deverão apresentar projeto técnico de instalação das novas frequências e solicitar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permissão de uso.

O ato que oficializou a migração de 240 emissoras foi realizado nesta segunda/Foto: Divulgação
O ato que oficializou a migração de 240 emissoras foi realizado nesta segunda/Foto: Divulgação

Para migrar à faixa FM, as rádios AM vão ter que trocar seus sistemas de transmissão de sinal, que inclui transmissores, antenas e equipamentos auxiliares.

Segundo o Ministério das Comunicações, a migração para a frequência FM varia de R$ 8,4 mil a R$ 4,4 milhões. O valor depende do alcance da rádio.

Entre os convidados da solenidade estavam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) e vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet, e o cardeal e arcebispo de Aparecida, Dom Raimundo Damasceno.

Ao discursar no evento, Kassab afirmou que a migração das emissoras AM para FM deve gerar confiança para os empresários do setor investirem, o que, consequentemente, irá gerar mais empregos. Segundo o ministro, cerca de 25 milhões de brasileiros serão beneficiados com a medida.

“A população atendida nesse ato é de, aproximadamente, 25 milhões de pessoas. Vão receber um serviço de radiodifusão de melhor qualidade”, destacou Kassab.

Fonte: Gazetadigital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui