Transporte fluvial está proibido no Alto Solimões

Foto: Reprodução

Todas as embarcações, incluindo lanchas rápidas e expresso, estão proibidos de transportar passageiros. O anúncio foi feito durante coletiva do Comitê de Ações Integradas da Fronteira em Prevenção ao novo Coronavírus, em Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus).

A medida atende ao decreto 42.087, assinado pelo governador Wilson Lima, que suspende por 15 dias o transporte fluvial no Estado. Navio motor, farry boat e balsas também deverão atender à recomendação.

O objetivo é evitar aglomerações para não proliferar o coronavírus.

A determinação está preocupando os trabalhadores. Para eles, a mudança deveria ter sido anunciada com antecedência. As autoridades estão analisando, também, o caso de passageiros que estão chegando no voo de sexta-feira (27) em Tabatinga, e precisam se deslocar para Benjamin Constant e Atalaia do Norte, no caso, os residentes desses municípios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui