Transportes regulados pela Arsepam contabilizam mais de 19 mil passageiros em quatro dias

Foto: Rafael Seixas/Arsepam

Mais de 19 mil pessoas utilizaram os serviços de transportes intermunicipais fiscalizados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), no período de 21 a 24 de abril, durante a Operação Viagem Segura – Feriado de Tiradentes.

Foram contabilizados 19.210 usuários e 1.044 fiscalizações em quatro dias, nos modais rodoviário e hidroviário intermunicipal de passageiros. Coordenada pela Arsepam, a iniciativa contou com apoio da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), e da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

Foto: Rafael Seixas/Arsepam

O diretor-presidente da Agência Reguladora, João Rufino Júnior, informou que os trabalhos foram efetuados de maneira tranquila. No sábado (23/04), ele destacou que as equipes do órgão distribuíram cartilhas e cartazes sobre os direitos das pessoas com o transtorno do espectro autista (TEA), no serviço de transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal. A ação foi alusiva ao Abril Azul, mês da conscientização mundial sobre o autismo.

Rufino Júnior frisou, ainda, que o Governo do Amazonas busca divulgar os direitos inerentes aos cidadãos. Por isso, segundo ele, é tão importante atividades de distribuição de informativos, como a que ocorreu no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), na zona centro-sul; e nos postos de fiscalização da Manaus Moderna e do Porto Público Privatizado de Manaus, ambos no Centro.

Foto: Rafael Seixas/Arsepam

“É fundamental que o trabalho da fiscalização tenha também o viés informativo, orientando a população sobre os seus direitos. Essa tem sido a determinação do governador Wilson Lima”, acrescentou.

Rodoviário – Com saída da capital, o fluxo de passageiros no serviço de transporte rodoviário intermunicipal chegou a 6.682 no período, sendo efetuadas 719 fiscalizações. Neste modal, os destinos mais procurados foram Manacapuru (1.853 usuários – 27,73%), Iranduba (1.635 – 24,46%) e Itacoatiara (1.184 – 17,71%), distantes respectivamente 68, 27 e 176 quilômetros da capital.

O posto com maior quantitativo de pessoas foi o Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), bairro Flores, zona centro-sul, com 2.969; seguido pelo da Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba, com 2.582; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte, com 685; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte, com 446.

Foto: Rafael Seixas/Arsepam

A maioria das fiscalizações no modal rodoviário foi registrada, respectivamente, na Ponte Rio Negro, com 496; na Barreira de Fiscalização Estadual, com 111; na Rodoviária de Manaus, com 87; e na Barreira da Avenida das Flores, com 25.

Hidroviário – O fluxo de passageiros no serviço de transporte hidroviário intermunicipal totalizou 12.528 e o número de fiscalizações chegou a 325.

As localidades mais procuradas foram as cidades de Careiro da Várzea (7.283 usuários – 58,13%), Parintins (786 – 6,27%) e Cacau Pirêra (717 – 5,72%), em Iranduba, distantes respectivamente 25, 369 e 27 quilômetros de Manaus.

O posto com maior saída de pessoas foi o Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul, com 7.256 e 236 inspeções; seguido pelo Porto Público Privatizado de Manaus/Manaus Moderna, no Centro, com 5.272 e 89 fiscalizações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui