Usinas de oxigênio chegam para municípios do interior do AM

Foto: Reprodução

Três usinas de oxigênio hospitalar, modelo DOCS 200, com capacidade para produzir 12 metros cúbicos de oxigênio por hora, chegaram ao Amazonas na noite dessa sexta-feira (12).

O material é destinado para atendimento a pacientes das cidades de Autazes, Careiro Castanho e Nova Olinda do Norte.

Adquirida com recursos próprios dos municípios, as usinas vindas de Curitiba (PR), vão atender, principalmente, pacientes infectados pelo coronavírus.

No total, os três municípios investiram mais de R$ 2 milhões para adquirir as três usinas, que contou com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) no transporte até Manaus.

Quanto à demanda de oxigênio, o prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante, destacou que a usina tem capacidade de produzir 29 cilindros por dia e a demanda hoje no município é de 26 cilindros/dia.

“Estamos muito contentes com a chegada da usina porque vai nos garantir autonomia de oxigênio para atender a demanda atual. A usina tem capacidade de produzir 12 metros cúbicos por hora”, disse. “A chegada dessa usina vai atender toda a demanda do município e, assim, vamos conseguir salvar o maior número de pessoas possível”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui