Vacinação contra febre aftosa é prorrogada em oito municípios

Foto: Divulgação/Adaf

Diante das medidas de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A primeira etapa da campanha ‘Amazonas sem Febre Aftosa”, coordenada pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf). Foi prorrogada até o dia 15 de junho nos municípios de Barcelos, Carauari, Juruá, Novo Airão, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Tapauá. A notificação junto à agência da vacinação deverá ser realizada até o dia 30 de junho de 2020.
A medida da prorrogação está prevista na Portaria nº 112, publicada no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE), na última quarta-feira (03/06). A campanha encerraria no último dia 31 de maio.
De acordo com a Adaf, para a aquisição das doses da vacina o produtor rural deverá ir a um dos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) ou em casas agropecuárias credenciadas pela Adaf em seu município. O preço varia entre R$ 1,90 a R$ 2,10 por dose (2 ml).
Declaração 
A declaração da vacina deve ser realizada em uma das Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) da Adaf ou em um dos escritórios do Idam, órgãos integrantes do sistema da Secretaria de Produção Rural (Sepror).
A Adaf orienta aos produtores rurais que o atendimento na Agência e no Idam deverão ser agendados, previamente, por meio do WhatsApp de cada instituição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui