Vázquez assume dizendo que Mujica será ‘ponto de referência’ de seu governo

Médico Tabaré Vasquez, assume governo da Venezuela/Foto: AFP
Médico Tabaré Vasquez, assume governo da Venezuela/Foto: AFP
Médico Tabaré Vasquez, assume governo da Venezuela/Foto: AFP

Tabaré Vázquez, que assume hoje, domingo, seu segundo mandato de cinco anos como presidente do Uruguai, assegurou que o ainda líder uruguaio, José Mujica, será “um ponto de referência de primeiro ordem” em seu governo.
O oncologista, de 75 anos, que foi de 2005 a 2010 o primeiro líder de esquerda da história do Uruguai, explicou aos jornalistas amontoados na porta de sua casa que conhece Mujica “há muitos anos” e que têm “um tratamento fraterno e próximo e que vai seguir assim”.

A descentralização do governo, a instrumentação de um diálogo social, políticas públicas e sociais e reformas econômicos de caráter tributário serão os pilares básicos nos quais se apoiará seu mandato, antecipou o presidente eleito, que disse que dará mais detalhes sobre essas questões nesta noite.

Vázquez e o vice-presidente eleito, Raúl Sendic, se transferirão às 9h30 local (mesmo horário de Brasília) ao Palácio Legislativo do Uruguai da capital uruguaia, onde se reunirá a Assembleia Geral na Câmara dos Representantes para iniciar os atos de protocolo.

Autoridades nacionais, diplomatas, ex-presidentes da República, presidentes dos partidos políticos e líderes estrangeiros presenciarão a cerimônia, cujo ponto principal virá pelas mãos do parlamentar Lucía Topolansky, presidente temporária da Assembleia Geral, que será a encarregada de tomar juramento a Vázquez e Sendic.

A segunda parte da cerimônia discorrerá na cêntrica Praça da Independência, onde Mujica procederá ao ato de entrega da faixa presidencial a Vázquez, perante os líderes convocados e os curiosos que se amontoem nas imediações do lugar.(UOL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui