Veja os cuidados com a saúde com a chegada do verão

Uma das estações mais desejadas do ano requer atenção especial com a saúde/Foto: Divulgação

O verão é uma das estações mais desejadas pelos brasileiros. Essa época do ano é repleta de energia e calor, sendo muito propícia para curtir uma praia, cachoeira, piscina ou até mesmo para passear ao ar livre para se refrescar.

No entanto, o aumento de calor e, em alguns lugares, de umidade pode acarretar em problemas para a saúde. Portanto, para aproveitar bem os dias quentes, é importante atentar-se a alguns aspectos.

Exposição excessiva ao Sol

A exposição excessiva ao Sol, por exemplo, pode trazer problemas, como envelhecimento precoce e até câncer de pele. O recomendado para evitar isso é se proteger adequadamente fazendo o uso de protetor solar indicado para a sua tonalidade de pele — quanto mais clara a pele, mais alto deve ser o fator de proteção.

O calor em excesso também pode causar insolação e desidratação, resultando em fraqueza, febre e até diarreia. Por isso, além de fazer o uso de protetor solar, é indicado manter uma alimentação equilibrada, beber bastante líquido — em especial, água — e optar por alimentos leves e frescos.

Lembre-se: entre 10h e 16h, os raios solares são mais fortes e prejudiciais. Portanto, é importante evitar a exposição nesse período.

Umidade também é um fator prejudicial

Pode parecer que não, mas a umidade também é um fator prejudicial nesse período, sendo as doenças de pele muito comuns no verão. Por exemplo, o excesso de umidade entre os dedos ou nas axilas pode causar coceiras e até mesmo frieiras e micose.

Areia de praia e água de piscina são ambientes propícios para isso. No entanto, com alguns cuidados, como evitar sentar diretamente na areia e secar totalmente o corpo, tais problemas podem ser evitados e nada irá estragar as férias de verão.

Cuidados em casa

Em dias quentes, tudo o que queremos ao chegar em casa é nos refrescar. Seja com o ventilador ligado ou até mesmo com ar-condicionado, a sensação de bem-estar que o friozinho nos gera é única. No entanto, o ideal é evitar mudanças bruscas de temperatura e excesso de frio.

Isso porque o corpo humano não está apto para essas mudanças repentinas, o que pode resultar em doenças respiratórias. Portanto, se na rua estiver muito quente, é recomendado deixar a temperatura do ar-condicionado regulada em torno de 23º C — que é a temperatura ambiente. Isso vai deixar o ambiente agradável e evitar um contraste tão grande em relação ao calor que está na rua, por exemplo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui