Vereador reúne moradores de bairros de Manaus para tratar sobre regularização fundiária

Vereador Álvaro Campelo reunido com moradores de bairros de Manaus/Foto: Divulgação

No último sábado (28) mais de 500 pessoas dos bairros Gilberto Mestrinho, Grande Vitória, Nova Conquista, Novo Reino, Castanheiras, Nova Vitória, Comunidade das Pedras e adjacências, reuniram no Ifam, antiga Escola Técnica Federal, em Manaus, para ouvir detalhes do andamento que terá, a partir de agora, o processo que visa a legalização das áreas ocupadas por estes bairros.
O vereador Álvaro Campelo participou da reunião, tanto como representante popular na Câmara de Vereadores de Manaus (CMM), como na condição de advogado, prestando orientação e apoiando diretamente a ação da Defensoria Pública, que coordena todo o ordenamento do processo de regularização fundiária almejado pela população dos bairros envolvidos.

Vereador Álvaro Campelo reunido com moradores de bairros de Manaus/Foto: Divulgação

Álvaro Campelo destacou que, a partir deste evento conjunto, a CMM vai acompanhar todas as ações relativas ao projeto, considerando a grande demanda popular dos que estão enfrentando há muitos anos o grande problema da falta de regularização das áreas ocupadas.

“Sabemos que esse procedimento não é tão simples, exige que o poder público acompanhe de perto. É na condição de representante desta população que vou contribuir com todos os meios disponíveis, para que este objetivo seja alcançado”, destacou Álvaro Campelo.

O processo está em andamento junto à Prefeitura de Manaus, que já adiantou parceria com a Defensoria Pública, por meio de entendimentos com o defensor público Carlos Almeida Filho. O defensor, ao participar da reunião no Ifam, informou que todo o processo coletivo em geral, para regularização de áreas, demora mais ou menos um ano e período um pouco menor para o processo de especificação. “Isto significa que o prazo para solução do problema não será menor que um ano e meio”, admitiu o defensor publico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui