Vereadora cobra ações mais eficazes para combater exploração infantil, em Manaus

Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Tiago Correa

Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Tiago Correa
Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Tiago Correa

O Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, que acontece no dia 12 de junho, foi o tema do discurso da vereadora Socorro Sampaio (PP), na manhã de hoje, terça-feira (10), na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

A parlamentar cobrou dos órgãos públicos, ações mais eficazes para combater a exploração de crianças em Manaus. De acordo com dados estatísticos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), atualmente mais de 168 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos são usadas em trabalhos. Desse total, a maioria está na agricultura (98 milhões) que equivale a 58% do número de crianças exploradas.

Com o tema: “Todos Juntos Contra o Trabalho Infantil”, conduzida pela OIT e pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, terá ênfase na conscientização contra o uso de mão de obra de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo.

Segundo Socorro Sampaio, a sociedade não pode apenas pensar no dia 12 de junho, na abertura da Copa do Mundo ou no Dia dos Namorados, mas principalmente nas crianças que estão sendo exploradas no trabalho infantil e deveriam estar na escola.

“No dia 12 de junho vão acontecer várias ações contra o trabalho infantil no país e no Amazonas não pode ser diferente. Precisamos lembrar que bem perto de nós temos crianças nos sinais vendendo guloseimas ou fazendo malabarismo e isso é muito triste. Essas crianças estão crescendo distantes da família, sem nenhuma orientação que deveriam estar numa sala de aula estudando para garantir um futuro melhor”, alertou Sampaio.

A parlamentar do Partido Progressista relembrou que durante o seu primeiro mandato foi criada a Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente e do Idoso (COMDCAI/CMM) que realizou várias blitz na cidade em bares e casas noturnas que exploravam crianças.

“Essa é uma comissão estratégica e importante dessa Casa, para que nós possamos trabalhar melhor esse tema chamado criança dentro do trabalho escravo. Vários vereadores são pais e sabem como é triste ver uma criança jogada no mundo sendo alvo das drogas, prostituição e marginalidade, crescendo sem amor carinho e proteção”, lamentou Socorro Sampaio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui