Wilson Lima entrega crédito de R$ 358,6 mil a feirantes vinculados a ADS

Foto: Diego Peres/Secom

Para celebrar o Dia do Agricultor, o governador Wilson Lima entregou, nesta terça-feira (28/07), na sede da Sepror, R$ 358,6 mil em Crédito Emergencial aos feirantes vinculados à Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS).

Ao todo, 56 agricultores dos ramos de laticínios, hortaliças, frutas, ovos e condimentos foram contemplados com o recurso, que visa reduzir os impactos econômicos da pandemia.

Foto: Diego Peres/Secom

“Hoje é dia do Agricultor, e a gente está comemorando com a liberação de R$ 350 mil em crédito para esses produtores. Para esse período de pandemia, nesse momento em que a gente está de recuperação da atividade econômica, nós diminuímos os juros, aumentamos o prazo e também renegociamos aquelas dúvidas que estavam pendentes por parte dos agricultores, e tudo isso para beneficiar o setor primário”, afirmou o governador.

De acordo com Wilson Lima, o setor primário teve papel fundamental para a manutenção da atividade econômica do Amazonas e a segurança alimentar da população durante a pandemia.

Na ocasião, Wilson Lima também anunciou a celebração de um convênio entre o Governo do Estado e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), na ordem de R$ 1,2 milhão, para fortalecer ações de defesa agropecuária no Amazonas.

Foto: Diego Peres/Secom

O benefício é resultado de parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), que realizou 67 atendimentos aos feirantes, dos quais 56 foram contemplados com o Crédito Emergencial, totalizando R$ 358,6 mil em recursos. Para o diretor-presidente da Agência, Marcos Vinicius Castro, a parceria com a ADS ampliará o alcance da linha especial de financiamento, lançada no início de abril pelo governador Wilson Lima.

A linha de Crédito Emergencial para os feirantes da ADS conta com financiamentos de R$ 5 mil (sem avalista) até R$ 21 mil (com avalista), além de 180 dias para começar a pagar e a menor taxa de juros anual do país, equivalente a 6%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui