A Música de Marinês – por Isabela Abes Casaca


MarinêsDia 16 de Novembro, aniversário da memórável Inês Caetano de Oliveira, ou como a maioria de nós conhece, Marinês, a rainha do forró. Nascida em 1935, esta ilustre baluarte do xaxado, com apenas 10 anos de idade começou aventurar-se no mundo da música, participando de programas de calouros.

Foi em um deles que surgiu seu nome artístico. Ao se inscrever, resolveu incluir Maria antes do primeiro nome, a fim de que seus pais não a identificassem. No momento que o locutor anunciou sua participação, acabou chamando-a de Marinês.

Assim permaneceu.

Esta incrível senhora fez história e gravou sua marca na música popular brasileira, deixando mais 30 discos gravados, com canções singulares inundadas pela profunda emoção de sua voz.

A qualidade musical de Marinês é tão fina que gosto de comparar as algumas suas músicas com o primeiro período dos Beatles, que aqui chamou-se de iê-iê-iê. Da mesma forma que o quarteto londrino compôs singelas músicas de amor, a pernambucana com igual singeleza cantou: Mensagem da FlorÉ Amor É SaudadeAmor É Mais Amor; Cantiga de Viola; Ladeira do Penar; Botão de Rosa Só o Amor Ilumina.

Além de ter feito muitos dançarem ao som de Pisa na Fulô, também difundiu a esperança no peito de muitos brasileiros com suas odes a perseverança: Eu Chego Lá; Vivendo e AprendendoVento de Maio Protestação. Com a mesma força que refletida sobre Guerra e Paz, também revelava o fino diamante que era seu coração: Mestre Mundo; e também na sua versão de Viramundo.

Estas são algumas poucas interpretações que selecionei dentro da sua vasta discografia, há muito mais músicas para serem descobertas na obra da estimada amiga de Luiz Gonzaga, a princesa dos acordeons, a rainha do forró.

Que sua inconfundível voz continue vibrando nas vitrolas ou nos sons home-theaters, seja por meio de vinil, k7, compact disc ou mp3. Que as palavras embaladas por seu timbre nos preencham de emoção, nos socorram nos fugazes momentos de tristeza, nos revigore o animo para marchar adiante, nos façam suspirar durante a espera novo amor (ou talvez um antigo…).

Por fim, que sua voz permanece. Salve Marinês e sua música!

Marinês Tributo em Campina Grande

[author image=”http://oi59.tinypic.com/md2p28.jpg” ]Isabela Abes Casaca é graduanda em Direito e integrante do movimento Novo Ágora. Considera-se escritora amadora.[/author]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui