Adriano Martins diz que está pronto para enfrentar Rustan Ghabilov no UFC

André(Equador), Andrezza e Adriano, em coletiva/Foto: Divulgação

André(Equador), Andrezza e Adriano, em coletiva/Foto: Divulgação
André(Equador), Andrezza e Adriano, em coletiva/Foto: Divulgação

O atleta amazonense de MMA, Adriano Martins, disse, em entrevista coletiva na sede de Equador Petróleo, que está muito bem preparado para enfrentar o russo Rustam Ghabilov, dia 22, em Porto Alegre, por mais um card do UFC Internacional.
A confiança de Adriano vem, principalmente, pelos resultados obtidos durante o período de preparação no American Top Team, em Miami, de onde o atleta chegou neste fim de semana. “O nível do treinamento foi muito bom. Tive a oportunidade de conviver com atletas de alta qualidade, o que é fundamental para melhorar o condicionamento”, disse ele.

A luta contra o russo está sendo encarada por ele com muita seriedade. Sabe que Ghabilov é um lutador oriundo do sumô, com muito bom desempenho no chão, além de ser um atleta pesado. “Estudamos os vídeos com lutas dele. Sabemos o que teremos pela frente. Também me considero bom no chão, pois vim do judô. Estou preparado”, completou.

Acompanhado do técnico Carioca e do preparador físico Felipe Barroso, Adriano Martins mostrou principalmente que está quase no peso exigido por sua categoria. “Estou agora com 76 quilos, mas caminhando rapidamente para chegar ao peso exigido. Pode ser até reflexo do treinamento nos Estados Unidos, mas sinto que estou perdendo peso com muito mais facilidade”, acrescentou.

O treinador Carioca concorda com Adriano, mas credita o fato a boa fase psicológica do atleta. “Ele está com a cabeça boa, voltada unicamente para o compromisso do dia 22. Quando isso acontece, os resultados aparecem com mais facilidade”, comentou o técnico.

Adriano embarca dia 18 para Porto Alegre, onde encerrará a última fase de preparação. Se vencer esta luta, o posicionamento do lutador no ranking do UFC terá sensível melhora. Ele pode até se colocar entre os 15 melhores de sua categoria. “Vamos lutar para isso”, encerrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui