Agricultores investem na criação de abelhas, em Benjamin Constant

Foto: Divulgação/Idam

No Amazonas, a meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão) registra uma produção anual de mais de 14,4 mil quilos de mel, conforme dados do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam). A atividade tem despertado o interesse de agricultores no interior, como é o caso de Benjamin Constant (distante 1.119 quilômetros de Manaus), que atualmente possui cerca de 150 meliponicultores atuando na atividade.

Para incentivar a cadeia produtiva no município, técnicos do Idam realizaram nesta semana uma Demonstração de Método (DM) na comunidade Nova Aliança. De acordo com o gerente do Idam/Benjamin Constant, Denis de Lima, o município vem demonstrando aptidão para atividade com expectativa de produção de 150 litros de mel por ano, produzidos por um total de 1.100 colmeias.

Foto: Divulgação/Idam

Entre as orientações repassadas aos agricultores estão as boas práticas de colheita do mel dentro dos padrões higiênicos, escolha da área para implantação do meliponário, confecção de caixa racional para abelhas, entre outras técnicas.

Meliponicultura – A criação de abelhas sem ferrão em todo o Estado conta com 643 agricultores familiares trabalhando com a atividade, entre os principais produtores de mel no Estado estão os municípios de Boa Vista do Ramos, Manacapuru, Urucará, Urucurituba e Parintins.

Foto: Divulgação/Idam

A criação de abelhas é considerada uma atividade sustentável, visto que a polinização contribui para a conservação ambiental e se enquadra aos conceitos de diversificação e uso responsável de recursos disponíveis na Amazônia.

Demonstração de Método – É uma atividade que propicia a utilização de uma técnica conhecida e comprovada de forma objetiva e clara, pelo demonstrador, a uma pessoa ou a um grupo de pessoas que possua interesses comuns, com a finalidade de desenvolver destrezas e habilidades.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui