Aleam debate situação do comércio na pandemia

Foto: Reprodução

As consequências do fechamento do comércio por conta da pandemia do novo coronavírus e as alternativas para evitar mais prejuízos ao setor serão os temas da Audiência Pública que acontece nesta quarta-feira, dia 10, na Assembleia Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), proposta pelo presidente, deputado Roberto Cidade (PV), e pelo deputado Josué Neto (Patriota).

A iniciativa atende a pedidos da classe dos comerciantes do Estado com a participação de representantes das entidades representativas e será realizada de forma totalmente virtual, a partir das 14h, com transmissão pela TV Aleam, canal 603 da Claro NET, 6.3 canal aberto e pelas redes sociais da Casa Legislativa no Facebook, YouTube, Instagram e Twitter.

Segundo Roberto Cidade, estudos preliminares dão conta de que o fechamento do comércio pode culminar na demissão de cerca de 10 mil trabalhadores na capital, além de reduzir a arrecadação do Estado. “O comércio está fechado desde o último dia 4 de janeiro e muitos empresários já estão trabalhando no limite. É preciso encontrar uma solução para que os comerciantes possam voltar ao trabalho de forma consciente, sem deixar a preocupação com a proliferação do vírus de lado”, afirma.

Para Josué Neto muitas empresas acumulam tantos prejuízos que talvez não consigam mais abrir as portas após o lockdown. “Essas empresas tem custos operacionais como aluguel, impostos, energia elétrica e pagamento de funcionários. Se estão de portas fechadas de onde vão tirar recursos para essas despesas?” disse ele, explicando que essas foram preocupações trazidas pela Associação Comercial do Amazonas, que buscou na Aleam apoio para soluções eficazes para o comércio e para evitar mais demissões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui