Além da atividade física: alimentação impacta no ganho de massa muscular

Foto: Divulgação/iStock

Exercícios físicos, alinhados a suplementação e alimentos ricos em proteína, irão acelerar o ganho muscular

Ganho muscular e emagrecimento são dois grandes dilemas de pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Manter uma rotina de exercícios físicos requer disciplina para atingir os resultados esperados. Nesse caso, a alimentação é um dos pontos que mais exige atenção, pois contém os nutrientes necessários para ganho de massa.

Mesclar uma rotina ativa de treinamentos, com descanso para hipertrofia de músculos, é o que se precisa para o ganho muscular. O primeiro passo para garantir energia e força nos exercícios é realizar uma alimentação entre as séries, pré-treino e pós-treino, pois os nutrientes irão metabolizar os músculos, que, consequentemente, irão aumentar.

A alimentação rica em proteínas e gordura boa irá aumentar sua resistência, saciando a fome e prevenindo hipoglicemia. Comidas como ovos, frango, batata-doce, entre outras, são perfeitas para ingerir nos períodos entre os exercícios, e servem como um combustível para o corpo.

O que é massa muscular e por que é importante?

Massa muscular é o conjunto de músculos que compõem o corpo, englobando também órgãos, líquidos corporais e ossos. Ambas são fundamentais para a saúde e o funcionamento do corpo. Realizar uma rotina de exercícios, desenvolvendo essa massa muscular ao longo da vida, ajuda a proteger os ossos e as articulações.

A massa muscular afeta a realização de todos os movimentos do nosso corpo, e portanto, perder massa muscular de forma acelerada ao longo dos anos pode trazer consequências ruins à saúde. Ela é uma das principais causas de fraqueza e perda de equilíbrio.

Suplementação

Alinhada a uma alimentação balanceada, fazer algum tipo de suplementação irá acelerar o processo de ganho muscular, com o acompanhamento de um nutricionista, por exemplo. Whey protein e creatina são compostos importantes para auxiliar, pois atuam como uma fonte rápida de energia. Este aumento de força poderá melhorar a qualidade do treino e favorecer ainda mais a hipertrofia de músculos.

O que comer depois dos treinos?

Após o término dos exercícios, sempre bate uma fome; afinal, foram horas de intenso desgaste físico e energia. Nesse momento, é importante ingerir alimentos ricos em proteínas e carboidratos, pois eles ajudam a evitar lesões musculares, sendo essencial na recuperação do músculo.

Os alimentos devem ser ingeridos 30 minutos após o término dos exercícios, e recomenda-se repouso, pois isso auxilia no relaxamento e, consequentemente, no aumento. Dentre os alimentos ricos em proteínas, destacam-se carne vermelha, frango, peixe e ovo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui