Aliados de Moro querem que ele dispute a presidência em 2022

Foto: Reprodução/Internet

247 – Defensores da candidatura presidencial de Sérgio Moro criaram um movimento político “Moro 2022 contra o sistema” para tentar convencer o ex-ministro da Justiça a disputar o pleito no ano que vem. De acordo com apoiadores, o ex-juiz não definiu se está disposto a disputar a eleição, mas o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) afirmou que Moro não descartou a possibilidade de participar da disputa. O prazo para essa decisão seria em outubro, já com o cenário político um pouco mais definido. As informações foram publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O ex-juiz ficou com a imagem mais desgastada ainda este ano depois de ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal por causa da parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Temos um diálogo excelente com Moro”, afirmou o senador Oriovisto. “Ele já nos disse que, se resolver entrar na política, vai se filiar ao Podemos. Fizemos algumas reuniões e estamos insistindo nisso com ele. Moro ainda não aceitou ser candidato a presidente, mas também não disse não. Ele está pedindo tempo para pensar. E a hora de fazer campanha para que ele aceite é agora”, disse.

Até poucos meses atrás, Moro participava de conversas com outros integrantes do chamado grupo de centro, como os governadores João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS), o apresentador Luciano Huck, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e João Amoêdo, do Novo.

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui