Alunos da rede municipal vão representar Manaus na Feira de Ciências em Nova York

Fotos - Eliton Santos / Semed

A preparação dos alunos que vão representar a Prefeitura de Manaus na Genyus Olympiad, competição olímpica científica, está a todo vapor. A disputa, que será realizada no mês de junho, em Nova York (EUA), reunirá jovens cientistas de vários países. Na madrugada desta quarta-feira, 8/5, os estudantes selecionados da Secretaria Municipal de Educação (Semed), acompanhados pelos responsáveis, viajam a Brasília (DF), para tirar o visto americano.
“Esse é um belo exemplo da educação que estamos promovendo em Manaus. Mérito do esforço desses dedicados estudantes, mas mérito também das iniciativas pedagógicas da nossa gestão. Sinto-me feliz e ansioso por eles, que vivenciem essa experiência, que brilhem e que os conhecimentos adquiridos sejam levados para a vida toda”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Fotos – Eliton Santos / Semed

Maria Clara Rebelo, 14, Ana Clara Nascimento, 14, Alice Gomes, 15, e Victor Souza, 15, alunos das escolas municipais Lucila Freitas e Engenheiro Alberto Braga, foram selecionados para participar da competição internacional após alcançarem o 1º lugar na 6ª Feira de Ciências da Amazônia (FCA), realizada em novembro do ano passado. Foram expostos no evento, que contou com participação de alunos das escolas municipais, estaduais e privadas, 31 projetos científicos, destes, nove foram da rede municipal.

Alunos da Semed apresentaram os projetos “Bomba d’água de pistões líquidos solares e bomba-carneiro com captação de água de forma sustentável” e “Sustentabilidade geográfica com ênfase na preservação da água como recurso hídrico da comunidade escolar”, ambos voltados para sustentabilidade, obtenção e preservação dos recursos hídricos. As credenciais para a Genyus foram oferecidas aos vencedores pela Associação Brasileira de Incentivo à Ciência (Abrinc).

Fotos – Eliton Santos / Semed

Com todos os documentos em mãos, os alunos viajam aos Estados Unidos no dia 16/6, onde ficarão por uma semana. Victor Souza está muito confiante para a apresentação do projeto criado a partir de uma bomba d’água, que buscou proporcionar a vivência e discussão das dificuldades ao acesso à água potável na região amazônica, seja em áreas rurais ou urbanas, além de incentivar os estudantes a buscarem alternativas de sustentabilidade.

“O nosso projeto está bem elaborado, a nossa intenção é aprender bastante sobre a iniciação científica e representar Manaus em uma olímpiada internacional”, informou o aluno.

Já Alice Gomes está animada para a competição e feliz em fazer a primeira viagem internacional por meio da educação. “Eu não vejo a hora de viajar, meus pais estão superorgulhosos, meus amigos me perguntam o tempo todo se eu estou nervosa e digo que não, só estou muito feliz e confiante em fazer a minha primeira viagem internacional pela educação”, salientou Alice.

Aulas de inglês

Como preparação para a disputa internacional, os jovens cientistas recebem desde abril aulas de língua inglesa com os professores do Programa Ampliando Horizontes (PAH), da Semed, à tarde, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizada na avenida Maceió, Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

“Estamos oferecendo aulas de conversação básica e preparando os alunos para a apresentação na feira. Esse auxílio que eles estão recebendo vai fazer uma grande diferença na experiência que terão. Nós estamos apoiando e contribuindo para esse momento da vida deles”, comentou a professora e coordenadora do programa, Suellen Barros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui