Amazonastur marca presença no 1º Encontro Internacional de Etnoturismo da Amazônia

Foto: Rayanna Simõesociais

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), representando o Governo do Estado, participa do 1º Encontro Internacional de Etnoturismo, em Rio Branco, no Acre, que visa potencializar o segmento turístico na Região Norte. O encontro, que iniciou na sexta-feira (20/05) e segue até este sábado (21/05), faz parte do calendário de ações das Rotas Amazônicas Integradas (RAI), em parceria com a Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo do Acre (Seet).

A RAI é um grupo de trabalho organizado pelos secretários de Turismo do estado do Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, para promover e fortalecer o turismo na região Norte do Brasil.

Foto: Rayanna Simõesociais

“Aproveitando essa oportunidade, a RAI fará o lançamento das peças promocionais deste importante segmento turístico. O lançamento tem o apoio do Ministério do Turismo e da Embratur, e são ações como essas que fortalecem o turismo na região Norte”, afirmou Ana Cláudia Rego, diretora de Marketing da Amazonastur, sobre a importância do investimento do etnoturismo no Amazonas.

Segundo o secretário de Empreendedorismo e Turismo do Acre, Jhon Douglas da Costa, a ideia é apresentar a beleza e a grandiosidade da cultura indígena.

Foto: Rayanna Simõesociais

“O Acre está desenvolvendo um plano de desenvolvimento sustentável para o turismo indígena, e esse plano vai nortear todas as ações de governo para potencializar o etnoturismo na região. O evento nos remonta o quanto nós precisamos organizar esse segmento para gerar emprego, renda e principalmente dar dignidade aos povos indígenas do Norte”, explicou.

Para o coordenador de Promoção Internacional do Turismo de Natureza da Embratur, Gentil Venâncio, por meio deste segmento, o turismo pode ser promovido, sobretudo porque leva desenvolvimento e dá autonomia para as comunidades indígenas.

Foto: Rayanna Simõesociais

O evento, aberto ao público, também contou com apresentações, desfiles de artesanato, exposição de painéis, roda de conversas, uma mostra de vivências das comunidades indígenas e por fim, uma vivência no Centro Huwã Karu Yuxibu, localizado na Transacreana.

Nos dois dias de programação, o encontro teve participação de representantes de todo o trade do turismo, além de secretários de estado, dirigentes do setor e lideranças indígenas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui