Após assembleia geral, Rodoviários continuam paralisação de 100%, em São Luiz

Após assembleia de hoje(29), greve é mantida em São Luiz/Foto: Divulgação

Após assembleia de hoje(29), greve é mantida em São Luiz/Foto: Divulgação
Após assembleia de hoje(29), greve é mantida em São Luiz/Foto: Divulgação

Após realizarem mais uma assembleia geral para avaliar os sete dias de movimento paredista, o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviários do Maranhão (Sttrema), decidiram pela manutenção da paralisação de 100% da frota dos ônibus de São Luís. A reunião ocorreu na sede do Sttrema na tarde desta quinta-feira (29).

O presidente Gilson Coimbra disse que aguarda resposta da desembargadora relatora do dissídio, Solange Passos Cordeiro, mas reafirmou que sem qualquer sinalização dos empresários não há motivos para suspender a greve. Nem mesmo as multas, que já superam R$ 400 mil, fizeram a categoria recuar. “Não existe guerra sem soldados feridos. As multas estão aí, mas vamos recorrer. Como não houve uma contraproposta por parte dos empresários, nós resolvemos diminuir a porcentagem de reajuste, mas nem assim chegamos a um acordo”, disse.

Sem acordo

Na tarde de quarta-feira (28), a primeira audiência do dissídio coletivo instaurado pela Justiça, a pedido dos Rodoviários, acabou sem acordo no TRT-MA. A desembargadora todas as partes envolvidas. A Prefeitura propôs o combate às fraudes nas gratuidades e meias-passagens, o fim da chamada ‘Domingueira’ e a redução do ICMS para combustíveis, o que pode representar um ganho de aproximadamente R$ 2.125.000,00 por mês ao setor.

Mesmo assim, após três horas de negociações a reunião terminou novamente sem acordo. Agora, será realizada uma audiência de instrução pelo Tribunal do Trabalho, ainda sem previsão para ocorrer.(O Imparcial)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui