Após inundação, Obama declara situação de desastre no Texas


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou ontem, sexta-feira, uma declaração de situação de grande desastre no Texas por causa das fortes tempestades e grandes inundações dos últimos dias, que causaram a morte de pelo menos 21 pessoas nesse estado.
Em comunicado, a Casa Branca informou sobre a declaração do presidente, que implica o envio de ajuda federal para complementar o auxílio que já vem sendo prestado pelo estado, pelos municípios e pelas reservas de nativos americanos.

Desde o início de maio, mas especialmente durante os últimos cinco dias, várias tempestades, tornados e fortes ventos castigaram essa região do sul dos EUA, causando grandes inundações que deixaram cidades como Houston, a quarta maior do país, totalmente alagadas por dias.

A declaração de Obama responde ao pedido do governador do Texas, o republicano Greg Abbott, e coloca fundos federais à disposição das pessoas afetadas nos condados de Harris, Hays e Van Zandt.

Entre outras coisas, a ajuda inclui subsídios para alojamento temporário e reformas de imóveis, empréstimos a baixo custo para cobrir perdas de propriedades não asseguradas e “outros programas para ajudar os residentes e proprietários de negócios a se recuperarem dos efeitos do desastre”.

Os temporais e inundações deixaram pelo menos 21 mortos no Texas, seis em Oklahoma e 14 no norte do México, além de terem obrigado muitas pessoas a deixar seus lares.(Terra/EFE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui