Atentado na Colômbia mata três policiais e fere sete

Alvo foi um um posto policial em Santander de Quilichao, sudoeste do país - Foto: Reprodução

Três policiais morreram e outros sete ficaram feridos nesta sexta-feira (22) em um atentado com bujões da gás contra um posto da polícia em Santander de Quilichao, em uma conflitiva zona do sudoeste da Colômbia, informou o secretário municipal Jaime Asprilla.

“Foi um atentado contra o posto da polícia com bujões de gás colocados em uma ladeira. Até o momento há três mortos e sete feridos, dois gravemente”, disse Asprilla.

O ministro da Defesa, Carlos Holmes Trujillo, informou que a explosão provocou danos em residências de civis.

O presidente Iván Duque condenou “o covarde atentado terrorista em Santander de Quilichao. “A ordem para nossa Força Pública é identificar os responsáveis por este fato”, escreveu Duque no Twitter.

Asprilla descartou que o ataque, ocorrido por volta das 21h local (23h em Brasília), tenha relação com os protestos contra o governo Duque, e o atribuiu a grupos armados que operam no departamento de Cauca.

“É um atentado de grupos organizados que têm recursos e estão envolvidos com o tema da droga”.

Segundo Asprilla, o município decretará o toque de recolher até domingo para garantir a ordem pública e a segurança da população.

Dissidentes da antiga guerrilha das Farc, rebeldes do ELN e grupos do narcotráfico de origem paramilitar lutam pelo controle territorial de Cauca, que tem milhares de hectares de ‘narcocultivos’ e uma saída estratégica para o Pacífico em direção aos Estados Unidos.

Esta região, com forte presença indígena e negra, foi o epicentro recente de assassinatos seletivos contra líderes sociais, guardas indígenas e ativistas.

O governo Duque relaciona a violência em Cauca ao narcotráfico e ao “crescimento exponencial” dos ‘narcocultivos’ nos últimos anos, para atingir 169.000 hectares em 2018, segundo a ONU.
Após três décadas de combate às drogas, a Colômbia permanece como o principal produtor de cocaína do planeta, tendo os Estados Unidos como seu maior consumidor.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui