Banho em excesso pode ser prejudicial para a pele

Foto: Reprodução

Em dias quentes como os de verão é comum que as pessoas tomem mais de um banho para se refrescar e aliviar o calor. Entretanto, esse hábito pode causar prejuízos à pele e ao cabelo pelo excesso de exposição a substâncias envolvidas no processo, como o sabonete e o xampu. As consequências vão desde coceira até infecções.

Expor a pele à água em temperatura ambiente não causa danos, ao contrário, hidrata. O problema está em outras substâncias usadas para limpar o corpo, segundo a dermatologista e tricologista Damaris Ortolan, da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

“O banho envolve produtos como o xampu e o sabonete. Em exagero, eles tiram a oleosidade natural da pele, que funciona como uma barreira de proteção”, explica. “Hoje em dia, é muito indicado o sabonete sem sabão, porque ele remove a sujeira sem tirar a oleosidade e causa menos irritação”, completa.

A especialista acrescenta que a água muito quente também tem o mesmo efeito.

Essa perda de proteção deixa a pele vulnerável a diferentes complicações. “A primeira coisa é coceira, mesmo que não haja nenhum dano. Também pode ocorrer dermatite, uma inflamação caracterizada por lesões avermelhadas que coçam e pequenas bolhas”, destaca.

Em casos extremos, a pessoa pode ter infecção por causa da mudança e remoção dos micro-organismos naturais da pele. “As bactérias boas acabam diminuindo, e fica espaço para as invasoras, que causam diferentes reações”, esclarece.

De acordo com a dermatologista, o ideal é que o banho seja rápido (entre cinco e dez minutos, no máximo), com água morna tendendo para fria e tenha a quantidade mínima necessária de sabonete e shampoo.

Ela ressalta que não existe uma quantidade ideal de banhos por dia. “Tudo depende da pele de cada um”, pondera.

A pessoa que tem a pele mais oleosa, como adolescentes, vai poder tomar mais banho. Já quem tem a pele mais seca, no geral idosos e crianças, deve se banhar com menos frequência”, exemplifica.

O mesmo vale para a periodicidade com que se lava o cabelo. “Se o couro cabeludo for ressecado, lavar muito vai agravar ainda mais essa característica, porque o xampu abre a cutícula do cabelo”, explica.

Entretanto, se os fios forem muito oleosos, é necessário lavar todo dia. “A caspa, que é a descamação do couro cabeludo, piora muito com a oleosidade”, destaca a especialista.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui