Braga perde todos os cargos federais no Amazonas

Braga abandonou Michel Temer e se voltou para apoiar o senador Renan/Foto: Divulgação

Após perder a superintendência da Suframa com a exoneração de Rebecca Garcia (PP), um dos cargos mais importantes e estratégicos do Governo Federal, o senador Eduardo Braga, deve perder nos próximos dias outro cargo importante no Amazonas cujo diretor foi indicação sua.

Fontes de dentro do Palácio do Planalto afirmam que o presidente Michel Temer (PMDB) já deu a ordem para exonerar o Diretor-Presidente da Eletrobras Distribuição Amazonas, Francisco Romário, que é indicação do senador amazonense.

As mesmas fontes afirmam que irritado por Eduardo Braga ter votado contra alguns pontos das reformas trabalhistas e previdenciárias, não seguindo as orientações nem dele, Temer e nem do seu partido, o PMDB, o presidente da República partiu para a retaliação.

Primeiro mandou exonerar Rebecca Garcia da Suframa e nos próximos dias vai mandar exonerar o diretor-presidente da Eletrobrás Amazonas Energia, também, indicado por Braga.

Braga abandonou Michel Temer e se voltou para apoiar o senador Renan/Foto: Divulgação

As mesmas fontes afirmam que Temer não vai parar por aí e vai tomar outras medidas para enfraquecer ainda mais o senador amazonense.

Sem com quem se agarrar e se apoiar, Eduardo Braga abandonou Michel Temer e se voltou para apoiar o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Mas fontes de Brasília veem nessa aproximação um puro ato de desespero. Alguns afirmam que Braga está saindo do “Bateau Mouche” para embarcar dentro do “Titanic” já que Renan Calheiros, também, está isolado, enfraquecido e corre risco de perder o mandato e até de ser preso por conta das denúncias de ter recebido propinas das grandes empresas investigadas pela “Operação Lava Jato”. Assim como o próprio Eduardo Braga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui