Brasileiro acusado de matar família na Espanha é declarado culpado

Patrick confessou o quádruplo assassinato - Foto: Divulgação

O brasileiro François Patrick Nogueira Gouveia foi julgado culpado neste sábado (3) pelo assassinato e esquartejamento de quatro parentes na cidade de Pioz, na Espanha, em agosto de 2016.

Segundo as informações da agência de notícias Europa Press, todos os nove membros do júri popular do Tribunal Provincial de Guadalajara consideraram Patrick culpado pela morte do o tio Marcos, da tia Janaína e dos dois filhos do casal, Maria Carolina, 4 anos, e David, 1 ano.

O veredito do júri foi entregue à juíza responsável pelo julgamento. Agora, caberá a ela decidir qual será a pena aplicada ao brasileiro.

Patrick confessou o quádruplo assassinato – Foto: Divulgação

O Ministério Público local e a acusação afirmam que Patrick cometeu o crime de forma premeditada e defendem que ele seja condenado a 20 anos de prisão para cada um dos assassinatos dos tios e prisão permanente revisável pela morte dos primos.

Enquanto matava e esquartejava quatro parentes, Patrick tirou uma selfie ao lado do corpo do tio e enviou a um amigo pelo Whatsapp. A revelação dos fatos no tribunal de Guadalajara levou à confissão do brasileiro.

De acordo com a publicação, o júri popular avaliou que o brasileiro estava consciente no momento em que cometeu os assassinatos e não cometeu os crimes por impulso.

A posição apresentada pelo júri vai conta a declaração feita pelos médicos especialistas contratados pela defesa do brasileiro. Os médicos afirmam que Patrick tem um dano cerebral que afeta seu comportamento e influenciou em sua “decisão e vontade” de matar os tios e primos.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui