Calhas dos rios Purus e Juruá recebem Crédito Rural

Foto: Reprodução

Para atender cerca de 700 produtores familiares que tiveram prejuízos na produção agropecuária, em virtude da cheia dos rios e de dificuldades financeiras por conta da pandemia, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e demais órgãos estratégicos do setor se reuniram para tratar do planejamento e execução do Plano Emergencial de Crédito Rural.

O plano do Governo do Estado prevê um volume de recursos na ordem de R$ 4 milhões destinados, inicialmente, aos municípios das calhas do Juruá e Purus.

Uma equipe de técnicos do Instituto que atua com o crédito rural para os municípios de Carauari, Canutama, Tapauá e Lábrea.

Para acesso ao crédito emergencial será dispensada a apresentação da Licença Ambiental ou Declaração de Inexigibilidade até 30 de julho de 2021. Será exigido apenas o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e o demonstrativo do documento ativo e sem restrição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui