Campeonato Interno Escolinha de Skateboards é neste sábado (23)

Fotos: Anderson Silva/Sejel

O sábado, dia 23, será de muita adrenalina com o Campeonato Interno Escolinha de Skateboards, que será realizado no Centro Estadual de Convivência Magdalena Arce Daou, localizado na Av. Brasil, s/n – Santo Antônio. O evento inicia às 17h e segue até às 20h30, onde são aguardados uma média de 35 participantes, que disputarão o lugar mais alto do pódio. A competição conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A competição será dividida em cinco categorias, sendo Infantil (5 a 10 anos), Mirim (de 11 a 13 anos), Iniciante (de 14 até 15 anos), Feminino e Skate Terapia (Pessoas com Deficiência – PCDs). De acordo com o organizador, Ney Metal, o evento tem como um dos principais objetivos dar competitividade a nova safra do esporte, incentivar os atletas e promover a inclusão social.

Fotos: Anderson Silva/Sejel

“Todos os participantes do Campeonato fazem parte da “Escolinha de Skate”, que funciona no Magdalena Arce Daou, e que diariamente estão treinando. A cada dia que passa consigo ver a evolução dos atletas, principalmente daqueles que participam do Skate Terapia, que é um método que utilizo para auxiliar no desenvolvimento das Pessoas com Deficiência, que muitas vezes não imaginam como o esporte pode ser uma ferramenta de inclusão e tratamento”, destacou Ney.

Segundo o organizador, o Skate Terapia é uma prova voltada para paratletas com deficiência emocional, neurológica, psicológica e até comportamental. O mesmo nome da categoria é dado a um projeto ministrado pelo professor Ney Metal no Cecf Magdalena Arce Daou.

“Este é um projeto neuro funcional e que vem dando resultados excelentes. Muitos pais e mães chegam aqui desacreditados, e através de muito treino a gente começa a ver o resultado de um trabalho, chegando à etapa de colocar esses meninos em competições. Eles se sentem motivados, vivos e querendo alcançar ainda mais degraus. A competição em si, independente de colocação, é uma premiação para eles”, disse.

Na prancha

Foto: Anderson Silva/Sejel

Um dos paratletas que vai encarar a pista e mostrar toda sua evolução nas rodinhas é Leonardo Teixeira, 15 anos, que tem mielomeningocele (malformação congênita da coluna vertebral). Na etapa passada, ele conquistou o primeiro troféu em cima da prancha e agora quer novamente o pódio visando a classificação geral.

“Depois daquele troféu eu me esforcei mais, porque quero ganhar outras vezes. Acho que vai ser difícil, mas estou bem preparado, pois o professor Ney vem me ajudando muito”, disse o garoto, que tem o aval e torcida da mãe, a dona de casa Luzia Jeane.

“O Leonardo está há dois anos no projeto. Ele veio para cá (Centro Estadual de Convivência Magdalena Arce Daou) devido a fisioterapia que ele faz.  Depois da gente ter começado esse tratamento aqui, ele acabou conhecendo o projeto do Skate Terapia e pediu para ficar. É uma felicidade imensa esse skate dele”, sorriu a mãe coruja.

Foto: Andesron Silva/Sejel

Escolinha

A Escolinha de Skate tem cinco anos e funciona no Centro Estadual de Convivência Magdalena Arce Daou, das 8h às 10h e das 17h às 19h30, de segunda a sexta, sendo que as terças e quintas as aulas são direcionadas para PCDs.  A ação é gratuita e quem desejar se inscrever as inscrições estão abertas para crianças a partir dos cinco anos de idade até 16.

A matrícula pode ser feita no departamento de esportes do Magdalena, das 9h às 17h, e basta levar os seguintes documentos: certidão de nascimento, foto e comprovante de matrícula da criança ou jovem. Os responsáveis terão que apresentar a original e uma cópia do RG, CPF e comprovante de residência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui