Chico Preto diz não entender tanta negligência no sistema penitenciário no AM

Deputado Chico Preto(PTN)/Foto: Divulgação

Deputado Chico Preto(PTN)/Foto: Divulgação
Deputado Chico Preto(PTN)/Foto: Divulgação

O sistema de segurança pública no Amazonas, novamente, foi assunto abordado pelo deputado Marco Antônio Chico Preto (PMN), em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Amazonas, hoje, terça-feira (16).

Apontando uma “crise instalada” na segurança pública, o deputado pediu um posicionamento das autoridades, em relação à fuga dos presos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), no Km 8 da rodovia BR-174 – ocorrido no último sábado (13), e quanto aos assaltos e “arrastões” ocorridos desde o último fim de semana na capital. “Mais uma vez o Amazonas se viu sobressaltado com a fuga de apenados do sistema prisional e hoje, terça-feira, a única declaração oficial que temos é do secretário de Justiça de que isso é comum. Comum para quem? Eu não entendo como comum a negligência com que o sistema penitenciário está sendo tratado há anos”, afirmou.

O deputado apontou, ainda, a falta de controle sobre os presos do regime semiaberto. “Os presos saem de dia, cometem crimes e voltam à noite para dormir em segurança nos presídios”, declarou, manifestando repúdio.

A falta de uso de tecnologias pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) também foi abordada pelo parlamentar. “O TJ não investe em tecnologias capazes de permitir a celeridade dos julgamentos e processos que tramitam nas varas criminais”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui