Chocolate mais saudável a partir de insumos amazônicos

Barra de chocolate é produzida com cacau da floresta amazônica - Foto: Divulgação/Decon

Produzida com cacau orgânico e extratos de frutas amazônicas, a barra de chocolate traz efeitos benéficos para a saúde digestiva e equilíbrio alimentar.

Já imaginou comer um chocolate mais saudável produzido a partir de insumos amazônicos? Um projeto desenvolvido com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) busca inovar na produção de barras de chocolate usando matéria-prima da região com extratos naturais de frutas como, por exemplo, camu-camu, açaí, mangarataia, guaraná, puxuri, cumaru, entre outros.

Intitulado “Warabu Bean To Bar Chocolate da Floresta Amazônica”, o projeto é desenvolvido por meio do Programa de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte na Modalidade Subvenção Econômica (Pappe Integração), edital N°007/2017.

Extratos de frutas amazônicas são adicionados ao cacau para adoçar e trazer a essência de cada sabor – Foto: Divulgação/Decon

A nova linha de barras de chocolate utiliza cacau orgânico, ou seja, uma fruta livre de agrotóxicos que passa por uma série de processos para deixar o cacau da forma mais natural. Por ser orgânico, o cacau possui menos acidez na sua composição, com isso é possível ter uma maior porcentagem de cacau combinado com extratos de frutas amazônicas no chocolate.

Os extratos das frutas são adicionados ao cacau para adoçar o chocolate e trazer a essência de cada sabor. Segundo o empreendedor, Jorge Carlos Neves, que tem Licenciatura em Tecnologia de Alimentos, a união torna o chocolate menos ácido e traz efeitos benéficos para a saúde digestiva e equilíbrio alimentar.

“Nosso objetivo é trabalhar com o cacau da floresta amazônica com a adição de algumas frutas regionais. Não queremos criar simplesmente chocolates, mas sim novas formulações em interação com processos já usados para desenvolver chocolat

Empreendedor Jorge Carlos Neves – Foto: Divulgação/Decon

es naturais, saudáveis, prébioticos, funcionais, sem glúten, sem lactose, ou gorduras trans”, explicou.

O projeto iniciou em 2018 e está na fase de testes. Neves conta que já possui a fórmula do chocolate com o açaí, com o cupuaçu, com a mangarataia. A partir dos resultados do projeto, a ideia é oferecer o produto ao mercado internacional, nacional e local.

 

Produção – As barras de chocolates orgânicas são produzidas por método artesanal chamado de Bean to Bar, que é um movimento de pequenas marcas de chocolate que acompanham o processo de produção da amêndoa do cacau (bean) até a barra (bar). Além da qualidade do produto, o movimento preza pelas questões socioambientais.

Segundo o empreendedor, as amêndoas de cacau orgânico são compradas, diretamente, de produtores que fazem parte de uma cooperativa. A iniciativa é para apoiar tecnicamente e ajudar a melhorar os métodos de produção, além de incentivar o trabalho de produtores na região.

Pappe Integração – O programa seleciona propostas empresariais para subvenção econômica à pesquisa e desenvolvimento de processos e/ou produtos inovadores no Estado do Amazonas. As áreas preferenciais são as contempladas nas vocações e competências instaladas no estado do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui