Ciama completa 20 anos marcados pelo desenvolvimento do AM

Novo sistema de abastecimento d'água, em Tabatinga/Foto: Divulgação
Novo sistema de abastecimento d'água, em Tabatinga/Foto: Divulgação
Novo sistema de abastecimento d’água, em Tabatinga/Foto: Divulgação

Com um portfólio que vai desde a criação de projetos de engenharia à implementação de programas e ações voltadas ao desenvolvimento econômico, social e tecnológico do Amazonas, a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama) completa 20 anos de atividades, hoje, sexta-feira (08).

Com sede na cidade de Manaus, a Companhia é um órgão da administração indireta do Governo do Estado, ligada à Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti).

Ao longo desses 20 anos, a Ciama foi responsável por projetos estruturantes, como o documento de recriação da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e de adequação do regulamento do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA), gerido pela própria autarquia e direcionado ao financiamento de projetos privados de infraestrutura, setores tradicionais, de inovação tecnológica e de serviços, para os estados da região da Amazônia Legal.

A Ciama foi responsável pela elaboração de projetos para a melhoria da infraestrutura de portos do interior e da capital e também de melhoria das rodovias AM-354, AM-363, AM-254, BR-307 e BR-317, além de ter sido responsável pelas obras de melhorias na infraestrutura de todos os municípios do Estado.

Grandes projetos do Governo do Estado também tiveram início na Ciama, como o Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, Ação Conjunta Governo e Prefeitura de Manaus (obras de melhoria da malha viária), Ponte Rio Negro e Arena da Amazônia.

A catalogação de Recursos Minerais do Amazonas está entre as ações realizadas pela Ciama, em parceria com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), bem como estudos dos Aspectos e Dinamismo do Amazonas, que aponta as características e potencialidades econômicas de cada cidade do Amazonas.

Alto Solimões – Atualmente, a companhia tem uma forte atuação no Alto Solimões e vem alterando a realidade social e econômica dos nove municípios que compõem a calha, por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional e de Serviços Básicos do Alto Solimões, executado com financiamento do Banco Mundial. Entre as ações que já foram realizadas, está todo o sistema de abastecimento de água potável das cidades de Tabatinga e Atalaia do Norte, com Benjamin Constant em andamento. Além de ações de promoção do desenvolvimento sustentável e de melhorias nas unidades de saúde dos municípios, como a reforma e ampliação do Hospital de Atalaia do Norte e Benjamin Constant e construção de uma Clínica de Fisioterapia e Unidade de Tratamento Semi-Intensivo do Hospital de Guarnição de Tabatinga.

Com objetivo de aproximar as ações do Governo do Estado aos municípios do interior, em setembro de 2013, foi criado o Espaço de Apoio às Prefeituras, responsável pela elaboração de projetos, atração de investimentos, identificação de fontes de recursos nacionais e internacionais e à assistência técnica nas áreas de organização administrativa e engenharia e implementação de programas de capacitação técnica, este último em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

Certificação – A Ciama é a segunda empresa do País – ligada a governo estadual – e o único órgão do Estado certificado na ISO 9001 e ISO 14001, o que garante um nível de excelência na prestação dos serviços à população do Amazonas com qualidade e preocupação ambiental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui