Cofres de Canutama ficarão R$ 4,6 milhões mais pobres

Foto: Reprodução

A compra de passagens fluviais, combustíveis, limpeza pública e serviços de advocacia vão tirar R$ 4,6 milhões dos cofres de Canutama (a 535 quilômetros de Manaus). Os contratos foram firmados por meio de pregão presencial com quatro empresas, com a duração de 12 meses.

Somente com combustíveis serão desembolsados R$ 2,1 milhões. A frota municipal terá acesso à gasolina, óleo diesel, lubrificantes e graxa fornecidos pela empresa Maciel e Souza Postos de Gasolina.

Para limpeza o valor a ser pago de R$ 1,4 milhão para a empresa R. de S. Barbosa Limpeza. Serão feitos serviços de capina, varrição, coleta, entre outros.

As passagens serão compradas da empresa Paulo Edson L. Maciel de Sousa pelo valor de R$ 835 mil. As passagens serão de ida e volta para Manaus, Lábrea e Tapauá.

Os serviços de advocacia serão prestados pela empresa Rabelo e Aquino Advocacia Especializada. A empresa vai receber pouco mais de R$ 244 mil para fazer assessoria jurídica da administração municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui