Colisão com asteroide teve impacto ‘muito maior que o esperado’, dizem astrônomos

Foto: Reprodução

Os telescópios James Webb e Hubble revelaram nesta quinta-feira (29) as primeiras imagens de uma espaçonave colidindo com um asteroide, já que os astrônomos disseram que o impacto aparenta ser muito maior que o esperado.

Ambos apontaram em direção à rocha espacial Dimorphos no início da semana. Foi um histórico teste de capacidade de autodefesa contra um potencial asteroide que ameace a Terra no futuro.

Astrônomos se alegraram quando o impactor Teste de Redirecionamento de Asteroide Duplo (Dart, na sigla em inglês) da Nasa atingiu na segunda-feira (26) o asteroide. Do tamanho de uma pirâmide e no formato de uma bola de rúgbi, o alvo estava a 11 milhões de quilômetros da Terra.

Imagens registradas por telescópios terrestres mostraram uma vasta nuvem de poeira se expandindo para fora do Dimorphos e Didymos, outro asteroide em órbita, após o impacto da nave espacial.

James Webb e Hubble podem oferecer uma visão “dentro de apenas alguns quilômetros dos asteroides e você pode ver claramente como a matéria está voando para fora do impacto explosivo do Dart”, contou Fitzsimmons à AFP. “É realmente espetacular”, acrescenta.

Uma outra imagem tirada pela Near-Infrared Camera (NIRCam) do James Webb quatro horas após o acontecimento mostrou “plumas de material aparecendo como mechas saindo do centro de onde o impacto aconteceu”, de acordo com um comunicado conjunto da Agência Espacial Europeia.

As imagens do Hubble de 22 minutos, cinco e oito horas após o impacto mostram o spray de matéria em expansão do lugar onde o Dart acertou.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui