Confira a lista dos selecionados para o Festival Amazonas de Dança

Foto: Michael Dantas

A Comissão de Análise Curadora do Edital do 9º Festival Amazonas de Dança (FAD) divulgou, nesta quarta-feira (23/10), a lista dos projetos contemplados para participação no evento, que será realizado de 5 a 10 de novembro pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Dos 32 espetáculos inscritos, 12 foram selecionados. Na categoria de 40 a 45 minutos, os contemplados foram: “Enruína” (Enlugar Arte e Movimento); “Ruína” (Companhia de Dança Fragmento de Rua); “Mithus” (Amanda da Silva Pinto); “Chico: O Corpo em Cores e Sons” (Francilene dos Santos Pereira Mululo) e “As Formas de Dizer Meu Nome” (Osmar Junio Ayres Valente).

Na categoria de 25 a 30 minutos, os selecionados foram: “Aponte” (Alana Nascimento); “Ingênuo Amor” (Reysson dos Santos Brandão); “Filhos da Terra” (Yara dos Santos Costa Passos) e “Memórias no Chão” (Verlene Ferreira Mesquita). Já os espetáculos de 10 a 15 minutos aptos a se apresentar no Festival são: “Ananse” (Flip Produções); “Darly Vlog – A Rotina de um Bboy” (Anderson Galdino Braga) e “Waranã” (Willian da Cruz Salviano).

Foto: Michael Dantas

O Festival Amazonas de Dança será realizado no Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião e Teatro da Instalação. De acordo com o edital, cada espetáculo selecionado receberá um cachê artístico: R$ 3.700, para apresentação entre 10 e 15 minutos; R$ 7.500, para apresentações entre 25 e 30 minutos; e R$ 15 mil, para apresentações de 40 a 45 minutos. Em contrapartida, os proponentes contemplados deverão obrigatoriamente realizar uma ação informativa gratuita (palestra, oficina, vivência) dentro da programação do festival.

A seleção das propostas foi feita em duas etapas: Documental e Técnica, sendo avaliados, nesta última, os seguintes critérios: Dramaturgia da obra, Consistência no Desenvolvimento Cênico, Exequibilidade, Qualidade Artística e Técnica dos Intérpretes e Avaliação do Portfólio.

O documento está disponível no portal da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa na aba “editais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui