Crianças encontram múmia de 7.000 anos durante passeio escolar


internacional-Chile-size-598

Crianças que participavam de uma excursão escolar encontraram por acaso uma múmia de 7.000 anos em Arica, no norte do Chile. Segundo a imprensa local, trata-se de uma múmia completa, enterrada dos pés à cabeça e pertencente à cultura Chinchorro.

A descoberta aconteceu no sábado, quando as crianças realizavam uma das expedições habituais da Academia de Arqueologia da Escola Americana no Morro de Arica, que fica a 2.062 quilômetros ao norte de Santiago, na região da praia de El Laucho. O grupo estava participando de tarefas didáticas de escavação quando a múmia foi identificada.
“Isso é um alerta de que este local deve ser protegido pelo que representa, com o entendimento de que é um grande cemitério pré-colonial, que vai muito além do Sul desta região”, disse Hans Neira, professor e guia da excursão, ao jornal La Tercera.
Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui