Esportes

Daniel Ricciardo vence GP da China

Daniel Ricciardo faz dá show no GP da China(Foto: Lars Baron/Getty Images)
Escrito por Redação II

Ajudado por uma estratégia bem-sucedida da Red Bull, Daniel Ricciardo conquistou a sua sexta vitória na carreira, sendo a primeira no Mundial 2018 de Fórmula 1, durante a madrugada deste domingo. Com duas paradas para trocas de pneus, uma a mais em relação a Ferrari e Mercedes, o australiano largou do sexto lugar para fazer grandes ultrapassagens na parte final da prova e vencer o Grande Prêmio da China, terceira etapa da temporada, realizada no Circuito Internacional de Xangai.

O pódio foi completado por Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen. Pole position, Sebastian Vettel terminou apenas em oitavo. O alemão, que vinha brigando pelas primeiras posições, teve a traseira de sua Ferrari tocada pela Red Bull de Max Verstappen na parte final da prova e acabou sendo o mais prejudicado do pelotão da frente.

O jovem holandês, acostumado a ser protagonista de colisões polêmicas na F1, foi punido pelos comissários da prova com dez segundos adicionais na classificação final e caiu para quinto, ficando atrás de Lewis Hamilton, da Mercedes, e na frente de Niko Hulkenberg, da Renault. Já o espanhol Fernando Alonso, que largou em 13º, levou sua McLaren ao sétimo lugar, pontuando em todas as três provas do ano.

Valtteri Bottas, Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen: o pódio do GP da China (Foto: Lars Baron/Getty Images)

Apesar do resultado, Sebastian Vettel segue na liderança do Mundial, com 54 pontos ganhos, já que havia vencido na Austrália e no Bahrein. No entanto, o alemão viu a diferença de 17 pontos cair para nove em relação ao segundo colocado Lewis Hamilton (45). Valtteri Bottas (40), por sua vez, continua no terceiro lugar.

Já Daniel Ricciardo, que teve o motor quebrado durante o terceiro treino livre e foi obrigado a trocá-lo para a classificação, subiu três degraus e assumiu a quarta posição do campeonato, com 37 pontos, sete a mais do que Kimi Raikkonen, o quinto colocado. Completando o grupo dos seis melhores, aparece Fernando Alonso, com 22 pontos.

Agora, após duas corridas na Ásia (Bahrein e China) e uma na Oceania (Austrália), a Fórmula 1 parte para a Europa. A quarta etapa da temporada será realizada no dia 29 de abril, em Baku, no Azerbaijão.

Veja como ficou a classificação do GP da China:

Classificação final do GP da China (Foto: F1.com)

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe seu comentário