Delegado grava vídeo dirigindo, para defender Guardas Municipais

Delegado Rafael Costa e Silva - foto: divulgação

Quando a Lei é defendida por quem parece não entender que a Lei é para ser cumprida por todos os cidadãos, independente de credo, cor, posição social, profissão ou gosto, acontece o que veremos no vídeo a seguir.

Ou seja, o infrator da Lei de Trânsito é nada mais nada menos, que o delegado Rafael Costa e Silva, que também é presidente do Sindicato dos Delegados de Carreira do Estado do Amazonas (Sindepol-AM).

Delegado Rafael Costa e Silva – foto: divulgação

Ele, na ingenuidade ou displicência, lança mão do celular, mesmo estando ao volante do carro em movimento, em uma via pública e grava um vídeo para dizer que “estava triste” pela agressão a três Guarda Municipais, no domingo (04), no Parque do Bilhar, no Centro.

No vídeo, o delegado diz que “quatro elementos partiram para cima dos guardas municipais, com soco inglês. Rafael, na verdade, está querendo dizer no vídeo com carro em movimento, que defende o porte de armas para a Guarda Municipal. “Os instrumentos que possuem, não lhes garantem as suas integridades físicas”, acentua.

“Está havendo um descaso com os colegas da Guarda Municipal. Estou à disposição para ajudar eles a se organizarem”, critica.

A defesa aos Guardas Municipais foi providencial. Mas o delegado deveria ter parado o carro e depois gravar o vídeo. Usar telefone com carro em movimento é infração grave, com perda de 07 pontos na carteira de habilitação – CNH e vale para todos os condutores. O delegado merece ser multado.

Assista o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui