Desperdiço d’água agrava mais a situação, afirma vereadora

Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Robervaldo Rocha

Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Robervaldo Rocha
Vereadora Socorro Sampaio(PP)/Foto: Robervaldo Rocha

O desperdício, diariamente, de 399,29 milhões de litros de água tratada para consumo, perdidos antes de chegar às torneiras no Amazonas, está preocupando a vereadora Socorro Sampaio (PP), que alerta aos amazonenses para necessidade de começar a economizar o uso da água potável. Na sua avaliação, a parlamentar do Partido Progressista, o racionamento de água que vem ocorrendo em São Paulo e outros Estados brasileiros deve ser avaliado pela população.
Segundo Socorro Sampaio, o desperdício representa 47% de tudo que é produzido diariamente, o equivalente a 697,66 litros/dia para cada uma das 572.339 ligações, de acordo com diagnóstico dos Serviços de Água e Esgoto do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

“Além da deficiência no abastecimento de água em vários bairros de Manaus, que sofrem com a falta deste precioso líquido, o desperdício contribui para agravar ainda mais a situação do abastecimento de água no Amazonas. O exemplo das dificuldades da população de São Paulo, que está sofrendo com o racionamento naquela região, deve servir de alerta para todos nós que os recursos hídricos um dia podem faltar”, alertou a parlamentar do Partido Progressista.

De acordo com Socorro Sampaio, o desperdício não acontece apenas no Amazonas. Ela disse que o “campeão” da região Norte é o Estado do Amapá com 76,5% de água que poderia estar chegando às torneiras da população.

“Infelizmente o desperdício é ainda maior em outros estados como é o caso do Amapá. Acredito que deveriam ser feitas campanhas educativas mais efetivas para conscientizar a população contra o desperdício. Atualmente o Distrito Federal com apenas 27,3% de desperdício é o Estado com melhor aproveitamento da água no Brasil”, afirmou Sampaio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui