Dia internacional da Síndrome de Down terá celebração na CMM

CMM celebra Dia Internacional do Down/Foto: Arquivo

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) celebra amanhã, terça-feira (21), o Dia Internacional da Síndrome de Down, com o reconhecimento de entidades que atuam no apoio às famílias de pessoas portaoras da doença, entre elas a Associação de Pais e Amigos do Down no Amazonas (Apadam).

Uma entidade sem fins lucrativos,  a Apadam reúne pais, pessoas com síndrome de Down, amigos e profissionais afins interessados por uma causa comum: melhorar a qualidade de vida e proporcionar maiores oportunidades para as pessoas com síndrome de Down.

Segundo o vereador Professor Gedeão Amorim (PMDB), autor da Moção de Parabenização n° 30/2016 que reconhece o trabalho da Apadam, a instituição presta um importante trabalho à sociedade e precisa ser lembrada na data em que se celebra a conscientização sobre Síndrome de Down.

“É importante o reconhecimento a essas entidades que dão maior atenção a esse público e na maioria dos casos prestam mais assistência que o próprio Estado. As crianças, os jovens e os adultos com a síndrome podem ter algumas características semelhantes e ficam sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas”, disse Gedeão.

Sobre a síndrome

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.

Dentre os 365 dias do ano, o “21 de março” foi inteligentemente escolhido como Dia Internacional da Síndrome de Down porque o dia faz analogia à alteração à genética no cromossomo “21”, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com “3” exemplares (trissomia).

“Ao homenagear as associações que cumprem com sua função de intermediar o apoio às pessoas e famílias com Down, a Câmara Municipal de Manaus incentiva outras entidades a realizar o mesmo trabalho aumentando a rede de entidades que atuam em uma área muitas vezes abandonada pelo Poder Público”, concluiu Gedeão Amorim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui